segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Anderson Silva aniquila Bonnar e faz a festa da galera no UFC Rio 3

O momento em que Bonnar
se encolhe diante de Anderson.

Lutando em casa, Anderson ‘brincou’ com Stephan Bonnar. A estratégia do brasileiro baseou-se em frustrar as ações do americano, fazendo o jogo que o adversário queria e mesmo assim sendo superior a ele. Ao final do 1º round, Anderson aplicou uma rasteira e quando Bonnar se preparava para levantar, recebeu uma joelhada fortíssima no peito e se encolheu no chão, restando ao árbitro assistir mais alguns socos do Spider para encerrar a disputa. Festa da torcida presente no HSBC Arena.

Minotauro finalizou Herman com
uma chave de braço.
Na segunda luta em grau de importância, Minotauro lutou muito bem e finalizou Dave Herman com uma chave de braço no 2º round. O ídolo brasileiro não lutava desde dezembro do ano passado quando teve seu braço quebrado por Frank Mir. A Lenda agradeceu o apoio da torcida e saiu do octógono aos gritos de “o campeão voltou”.

Glover desfigurou o rosto de
Maldonado.
Nas outras lutas do evento, destaque para o atropelo de Glover Teixeira sobre Fábio Maldonado, que resistiu até o fim do 2º round, quando os médicos interromperam o combate pelo estado crítico em que se encontrava o paulista. Em uma das lutas mais aguardadas da noite, Erick Silva viu o sonho de figurar entre os tops do peso meio-médio ser tirado por Jon Fitch. O americano venceu nos pontos, ajudado pelo cansaço do brasileiro já no 2º round. Erick chegou a desperdiçar um mata-leão encaixado.

Tanto na vitória de Minotauro, quanto na de Demian Maia, que finalizou Rick Story no 1º round, os gritos de “jiu-jitsu” ecoaram na arena. Desenvolvido pela família Gracie, a arte suave provou mais uma vez sua eficiência. Foram quatro finalizações no evento.

Todos os Resultados:
Anderson Silva venceu Stephan Bonnar por nocaute técnico aos 4m 40s do primeiro round;
Rodrigo Minotauro venceu Dave Herman por finalização (chave de braço) aos 4m31s do primeiro round;
Glover Teixeira venceu Fábio Maldonado por nocaute técnico (interrupção médica) aos 5m do segundo round;
Jon Fitch venceu Erick Silva na decisão unânime dos juízes;

Phil Davis venceu Wagner Caldeirão por finalização (triângulo de mão) aos 4m29s do segundo round;
Demian Maia venceu Rick por finalização (mata-leão) aos 2m30s do primeiro round;
Rony Jason venceu Sam Sicilia por nocaute técnico aos 4m16s do segundo round;
Gleison Tibau venceu Francisco Massaranduba na decisão unânime dos juízes;
Diego Brandão venceu Joey Gambino na decisão unânime dos juízes;
Serginho Moraes venceu Renée Forte por finalização (mata-leão) no terceiro round;
Chris Camozzi venceu Luiz Banha na decisão unânime dos juízes;
Cristiano Marcello venceu Reza Madadi na decisão dividida dos juízes;

0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.