sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Bruno Mendes brilha e Botafogo vira sobre Vasco no fim.

Bruno Mendes marcou duas vezes e foi o grande
protagonista da noite.

Botafogo 3 x 2 Vasco

Em grande jogo de pequeno público no Engenhão, o garoto Bruno Mendes brilhou e com dois gols no fim do jogo, garantiu a vitória do Fogão sobre o Vasco.

O panorama do primeiro tempo foi o Botafogo com maior posse de bola e o Vasco aproveitando a velocidade de Éder Luis para buscar os contra-ataques. Logo aos 8 minutos, Nilton deu ótimo passe para Carlos Alberto, que na frente de Jefferson, deu um toque por cima do goleiro alvinegro, porém exagerou na força e a bola foi para fora. Aos 24, Carlos Alberto não desperdiçou a chance criada por Éder Luis em contra-ataque e mandou de letra para o gol, após chute do companheiro para o meio da área.

Até então coadjuvante, Bruno Mendes iniciou a jogada do empate. Aos 29, ele recebeu pela direita da grande área, passou por Dedé e cruzou rasteiro para Elkeson, que só empurrou para o fundo das redes. Juninho ainda tocou na bola antes dela chegar a Elkeson. Aos 34, Renato fez boa jogada pelo meio e serviu Jadson na direita, o volante improvisado deu cruzamento perfeito, melhor que os de Lucas por sinal, para Elkeson, que testou firme pro chão, exigindo grande defesa de Fernando Prass.

Carlos Alberto seria "o cara"
do jogo, mas o Vasco levou
a virada.
Aos 37 minutos, Dória pegou na orelha da bola quando tentava um chutão para frente e a mesma caiu nos pés de Felipe, que dominou mal. O mesmo Dória tinha tudo para afastar o perigo, mas quis sair jogando com classe e viu Felipe dar carrinho e ficar com a bola. O veterano rapidamente serviu Carlos Alberto no meio da área. O camisa 10 empurrou para as redes e marcou seu segundo gol na partida. Ressurgimento do meia, que atuou improvisado no ataque, na vaga do contestado Alecsandro.

Na segunda etapa, o Fogão voltou com tudo e o Vasco mais do que nunca buscava os contra-ataques. Aos 6, Seedorf cobrou falta com força no meio do gol e Prass espalmou. Aos 23, Éder Luis desperdiçou o lance que poderia definir a partida. Juninho deu carrinho limpo em Jadson, ficou com a bola e lançou Éder Luis em velocidade, o atacante era seguido por Dória, que no desespero, tentou um carrinho na bola. O atacante vascaíno seguiu e tocou fraco na bola, que ficou fácil para Jefferson.

Seis minutos depois do desperdício do ataque vascaíno, Dória lançou Gabriel pela direita e o garoto, livre, cruzou para Bruno Mendes, que de carrinho empatou o jogo. O detalhe do lance é que Thiago Feltri havia entrado no lugar de Felipe poucos minutos antes, justamente para dar mais sustentação à defesa pelo lado esquerdo.

Aos 41, Juninho cobrou falta de muito longe e com bastante veneno. Jefferson tentou encaixar e quase engoliu um frango. A sorte do goleiro foi que a bola escapou para a direita e ele conseguiu segurá-la. Aos 47, Seedorf lançou Lodeiro na entrada da área. O uruguaio matou no peito e sofreu falta. O árbitro fez sinal de vantagem quando viu que a bola ficou nos pés de Bruno Mendes. O garoto não demorou e encheu o pé de fora da área, mandando no canto de Fernando Prass. Belo gol para delírio dos poucos botafoguenses presentes. Não houve tempo para a reação vascaína.

Com a derrota, o Vasco ficou à 5 pontos do quarto colocado São Paulo e a vaga na Libertadores parece bem distante. O Gigante da Colina enfrentará o Internacional na próxima rodada e o jogo ocorrerá em São Januário. Também distante do G4, o Botafogo pega o desesperado Figueirense fora de casa. Os dois jogos serão na quarta.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 3 X 2 VASCO
Local: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 18/10/2012 - 21h (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Auxiliares: Rodrigo Pereira Joia (Fifa - RJ) e Wagner de Almeida Santos (RJ)
Renda e público: R$ 105.050,00/ 5.015 pagantes
Cartões amarelos: Márcio Azevedo, Seedorf e Elkeson (BOT); Wendel (VAS)
Gols:  Carlos Alberto, aos 24'/1ºT (0-1), Elkeson, aos 29'/1ºT (1-1), Carlos Alberto, aos 37'/1ºT (1-2), Bruno Mendes, aos 29'/2ºT (2-2) e Bruno Mendes, aos 48'/2ºT (3-2)
BOTAFOGO: Jefferson; Jadson, Antônio Carlos, Dória e Márcio Azevedo; Gabriel, Renato (Marcelo Mattos 25'/2ºT), Fellype Gabriel (Lodeiro 25'/2ºT), Elkeson (Rafael Marques 40'/2ºT) e Seedorf; Bruno Mendes. Técnico: Oswaldo de Oliveira.
VASCO: Fernando Prass; Jonas (Jhon Cley 37'/2ºT), Dedé, Douglas e Wendel; Nilton, Fellipe Bastos (Eduardo Costa 28'/2ºT), Felipe (Thiago Feltri 18'/2ºT) e Juninho; Eder Luis e Carlos Alberto. Técnico: Marcelo Oliveira.

0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.