quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Fluminense empata com Grêmio e vê taça mais perto. Fla empata com Lusa e Z4 ainda preocupa.

Sóbis fez belo gol de fora da área.

Fluminense 2 x 2 Grêmio

Jogando em casa, o Flu chegou a virar a partida, mas sofreu o empate no fim. Como o Galo também empatou com o Santos, a vantagem na liderança permanece em nove pontos.

Precisando da vitória para ainda sonhar com o título, o Grêmio foi ao ataque no início da partida. Aos 6, Anderson Pico cruzou da esquerda e a jogada parecia não oferecer risco nenhum, já que não haviam atacantes gremistas posicionados para receber o lançamento, mas a bola quicou no chão e acertou o travessão. Cavalieri ainda raspou nela a fim de evitar o gol. Aos 8, foi a vez de Elano, em chute de fora da área, exigir trabalho do goleiro tricolor.

Depois dos dez minutos iniciais, o Fluminense equilibrou a partida, porém pecava No último passe, já o Grêmio seguia mais perigoso. Somente aos 29 minutos, o Tricolor assustou. Wagner recebeu a bola no bico da área, após cobrança de escanteio ensaiada e mandou por cobertura no outro ângulo. Grohe se esticou todo e jogou a bola para fora.

Os times voltaram para o segundo tempo ainda mais dispostos. Aos 3, Elano cobrou escanteio, a bola bateu em um jogador gremista e sobrou limpa para Werley dentro da pequena área. O zagueiro, porém, chutou por cima do gol, perdendo chance inacreditável. Aos 9, Elano cobrou falta à la Ronaldinho e, por baixo da barreira, abriu o placar no Engenhão. Golaço.

A reação carioca não demorou. Aos 13, na já tradicional e perigosa jogada aérea tricolor, Deco cobrou escanteio, a bola foi desviada no primeiro pau e Digão apareceu livre na segunda trave, para concluir e empatar a partida. A torcida se animou e empurrou o Flu para a virada. Aos 17, Rafael Sóbis recebeu longe da área e soltou a bomba de perna esquerda. A trajetória da bola enganou Grohe, que não conseguiu fazer a defesa e foi buscar a bola no fundo da rede.

Tentando a reação, Luxemburgo tirou Leandro e pôs Marcelo Moreno em campo, porém a participação do boliviano durou apenas 40 segundos. Em lance que sequer envolvia a disputa da bola, o atacante acertou cotovelada em Sóbis e foi corretamente expulso. Aos 29, Jean achou Fred na grande área e o matador perdeu a chance de liquidar a partida, chutando por cima do gol.

Com um a menos, o Grêmio parecia não ter forças para empatar diante do líder, mas aos 40 minutos, Léo Gago cobrou falta de longe com violência. Cavalieri espalmou para frente e após briga pela bola no alto, ela sobrou limpa para Zé Roberto dar números finais ao jogo. Não houve reação do Fluminense e o jogo terminou mesmo empatado.

Com 9 pontos a frente do Atlético-MG e faltando apenas sete rodadas para o fim do campeonato, o Fluminense já está com uma mão na taça. Uma vitória na próxima partida diante do vice-líder, em Minas pode ser a coroação de uma bela temporada. O jogo acontecerá domingo.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 2 X 2 GRÊMIO
Local: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 17/10/2012 - 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Sandro Meira Ricci (Fifa-PE)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP)
Renda e público: R$ 783,325.00 / 30.215 pagantes / 35.217 presentes
Cartões amarelos: Jean (FLU); Anderson Pico (GRE)
Cartão vermelho: Marcelo Moreno 19'/2ºT (GRE)
Gols: Elano 9'/2ºT(0-1), Digão 13'/2ºT (1-1), Rafael Sobis 17'/2ºT (2-1) e Zé Roberto 40'/2ºT (2-2)
FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Bruno, Gum, Digão e Carlinhos; Edinho e Jean; Wágner (Thiago Neves - Intervalo), Deco e Rafael Sobis (Marcos Júnior 34'/2ºT); Fred - Técnico: Abel Braga.
GRÊMIO: Marcelo Grohe, Pará, Werley, Gilberto Silva e Anderson Pico; Fernando (Marquinhos 18'/2ºT), Marco Antônio, Elano (Léo Gago 27'/2°T) e Zé Roberto; Leandro (Marcelo Moreno 18'/2ºT) e Kleber - Técnico: Vanderlei Luxemburgo.


Jogo foi disputado no Canindé.
Portuguesa 0 x 0 Flamengo

Em péssimo jogo, o Flamengo empatou com a Lusa fora de casa. Vagner Love mandou duas bolas na trave e não conseguiu dar a vitória ao time, que amarga agora cinco jogos sem vitória.

A falta de criatividade marcou o primeiro tempo. A Portuguesa começou o jogo partindo para cima. Aos 10 minutos, Ananias fez jogada individual pela direita e cruzou para Léo Silva, que mandou um peixinho na bola e a viu explodir na trave direita de Felipe. Aos 28, Renato achou Love dentro da área. O atacante enganou a marcação e arrumou espaço para finalizar, porém o chute saiu torto e foi à direita da meta de Dida.

Aos 35 minutos, Ivan apareceu totalmente livre pela esquerda e cruzou para Bruno Mineiro, que desviou para o gol, mas foi travado pela zaga e a bola foi para escanteio. Aos 41, após cobrança de escanteio, Valdomiro subiu mais alto que a zaga rubro-negra e testou no alto. Felipe mostrou reflexo e fez boa defesa.

Na segunda etapa, o Flamengo voltou melhor e logo com 1 minuto, Love fez jogada individual e bateu por cima do gol. Aos 4, foi a vez de Liédson bater de fora, mas a bola ficou com Dida. A Lusa respondeu um minuto depois em finalização de Ivan, que parou nas mãos de Felipe. Aos 9, o lance mais incrível do jogo. Ramon cruzou da esquerda e a bola tinha o endereço de Liedson, tanto que o goleiro Dida já saia do gol para antecipar a jogada, porém Vagner Love entrou na área como um raio, matou a bola e com o gol livre, chutou na trave. A torcida já soltava o grito de gol.

Aos 13, o Artilheiro do Amor voltou a acertar a trave. Dessa vez, ele aproveitou cruzamento da direita e deu carrinho na bola, que quicou no chão e parou no travessão. O Flamengo era superior e passou a mandar na partida. Aos 33, Cléber Santana bateu rasteiro de fora da área e deu um susto em Dida. Segundos depois, foi a vez de Ramon experimentar de fora da área. O lateral mandou uma bomba e o goleiro Dida fez uma linda defesa jogando para fora. Os times nada mais criaram e foi só.

Com a vitória do Palmeiras sobre o Bahia, o Mengão está 8 pontos à frente do time paulista, que é o primeiro do Z-4, e 2 pontos à frente do time baiano. O Rubro-negro recebe o São Paulo, domingo, no Engenhão, pela próxima rodada do Brasileirão.

FICHA TÉCNICA
PORTUGUESA 0 X 0 FLAMENGO
Local: Canindé, São Paulo (SP)
Data/hora: 17/10/2012, às 22h (de Brasília)
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Auxiliares: Guilherme Dias Camilo (MG) e Ivan Carlos Bohn (PR)
Renda/ Público: R$ 181.890,00/ 5.892 pagantes
Cartões amarelos: Bruno Mineiro e Rogério (POR); Airton, Luiz Antônio e Ramon (FLA)
Cartões vermelhos: Não houve
PORTUGUESA: Dida, Luis Ricardo, Rogério, Valdomiro e Ivan (Rai, 41'/2ºT); Ferdinando, Boquita, Léo Silva e Moisés (Héverton, 20'/2ºT); Ananias (Rodriguinho, 19'/2ºT) e Bruno Mineiro. Técnico: Geninho
FLAMENGO: Felipe, Luiz Antônio, Frauches, Renato Santos e Ramon; Amaral (Wellington Bruno, 41'/2ºT), Airton (Ibson, 28'/2ºT), Renato Abreu e Cleber Santana; Vagner Love e Liedson (Nixon, 21'/2º). Técnico: Dorival Júnior

0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.