quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Ladrão que rouba ladrão tem cem anos de perdão

DO FOLCLORE MARICAENSE / Manoel Ramos - O comentário que circula pela cidade é o seguinte: Um determinado candidato a vereador está todo amuado, choramingando pelos cantos e se dizendo "roubado".

É que o esperto - que sempre foi acostumado às mutretas eleitorais e se enriqueceu da noite para o dia - teria separado uma 'grana preta' para comprar votos. Distribuiu o dinheiro entre seus cabos eleitorais de confiança para que oferecessem aos eleitores - também safados e corruptos - o valor de R$ 150,00 por cada voto.

Só que os cabos eleitorais - também safados e corruptos - começaram a oferecer apenas R$ 100,00 pelo voto, embolsando os R$ 50,00 restantes. Conclusão, o candidato NÃO FOI ELEITO e anda reclamando que foi "roubado". E é aí que entra o dito popular, "LADRÃO QUE ROUBA LADRÃO TEM CEM ANOS DE PERDÃO".

Para o bem dos cidadãos honestos de Maricá, deveria o candidato dar queixa na Polícia.

Extraído do Território Livre




3 comentários:

Anônimo disse...

este candidato, que tem apelido de quitute que eu gosto desde criança, que é PASTEL,e até hoje eu ainda me delicio com ele, queria o poder aqualquer custo, reuniu-se com a cambada de vereadores sanguesugas da população maricaense, e tramaram com o vice Uilton, as denúncias que iriam levar para o Ministério Público, e até abriram CPI, lembram-se disto, pois bem, o caso foi para o MP, que ainda está em fase de apuração e outras providências, que ainda iram cair na cabeça do Prefeito e de seus secretários, lembram-se do vereador que chamou o Prefeito de Chefe de Quadrilha, que virou Secretário de Esportes, lembram do Uiltinho Vianna, que ganhou apenas 512 votos, lembram-se, pois bem; todos foram sacrificados agora, Paste, Caiu e Uiltinho foram-se, perderam a eleição e por quê. Vou lhes dizer o porquê: Pensaram eles que seus cabos eleitorais, compradores de votos, iriam trabalhar para eles, esqueceram-se que em Maricá, cobos eleitorais, trabalham para eles mesmo, bastou o coordenador de campanha do Quaquá, ou outro articulador, reunir-se com estes cabos e pagar o dobro do que ganhariam com os mesmos, ou seja, eles se venderam e venderam seus vereadores, e o Pastel não está errado, foi roubado? Foi, e que se dane, pois ele não tinha nenhuma pretensão de ser Vereador da Cidade, tinha a pretensão de ser Prefeito, e para tanto, tentou uma última tentativa vindo candidato pelo PRB, desistiu, foi para apoiar o Ricardo, e depois foi para o Delaroli, é por isto, qua a política não tem escrúpulos, o que vale é o voto. E isto ele não tem. ADEUS PASTEL, UILTINHO E CAIU JÁ VÃO TARDE.

O Vigilante disse...

Já é de domínio público o fato da “compra deslavada de votos” em Maricá, por alguns dos vereadores na última eleição. Infelizmente, essa lamentável situação foi patrocinada com recursos de toda sorte, todos de origem escusa, mas que contou com a conivência de outros "marginais", ou melhor, dos infelizes eleitores que vendem seus votos.

Sendo assim, vale a máxima de que “TODO POVO TEM O GOVERNO QUE MERECE”.

Anônimo disse...

Amigos, na realidade o caixa forte desta eleição estava na mão do quaquá. Não é a toa que ele fez 8 vereadores e os mais votados.Ninguém tinha cacife para brecar a oferta dos cabos eleitorais do PT. Voto casado para prefeito e vereador por 400,00 quem pode segurar? Foi a maior vergonha já acontecida em Maricá no que diz respeito a eleição. Entre receber 100 e 400, o povo mostrou que é "inteligente". Agora com 400,00 eles poderão comprar saude, poderão colocar seus filhos numa boa escola, poderão caminhar por ruas asfaltadas, poderão enfim, ter uma vida repleta de felicidade por 4 anos... Um dia, quem sabe, este povo vai descobrir que vender voto, o impede de reclamar dos políticos, afinal quem vendeu vendeu, e não pode reclamar. Sejam felizes todos que venderam seus votos nesta eleição e tomara que não precisem levar seus filhos ao HOSPITAL DA MORTE, nos próximos 4 anos. Façam bom proveito dos 400,00 e até 2016...Quando muitos negarão ter votado no Quaqua..para tirar da consciência, um peso infernal

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.