quinta-feira, 4 de outubro de 2012

O discurso de Quaquá

Walter Monteiro - Não vou mentir: o comício tinha bastante gente, oito vezes mais do que de Ricardo. Se de Ricardo tinha de duzentas a trezentas pessoas, o comício de Quaquá chegou pouco mais de duas mil. Todos de vermelho, metade com bandeira nas mãos, gente diferente, estranha, tipo baixada. Jovens marrentos, com cerveja nas mãos, aos gritos que tirassem as fotos deles.

No palanque iluminado, o prefeito aos berros, voz rouca e fina, confundido a principio, com voz de mulher, vociferava contra os coronéis da cidade, principalmente Francisquinho, por abandonar Ricardo e ajudar Marcelo.

Destilou rancor aos seus desafetos, falou de Pastel, aliás, coisa que sempre fala, como também de todas as famílias tradicionais da cidade, como se os Rangeis, Caetanos, Andrades e outros, fossem culpados dos seus complexos, sua feiura, ser nanico, ter sido pobre e, atualmente, acusado de corrupção.

Seu discurso parecia uma despedida, tipo do Hitler antes de se suicidar, aos berros acusando os judeus e colocando a culpa nos outros. Falou pouco de novos projetos e parece que vai continuar o engodo das obras pontilhadas, nas esquinas de cada bairro, no efeito psicológico de que: “se votar em mim, a obra continua”.

Para quem acompanha política percebe que a disputa vai ser acirrada. Torna-se difícil conceber que um candidato à reeleição, com a máquina administrativa, milhões na campanha, passe esse sufoco ou até mesmo sair derrotado das urnas. E isso pode acontecer: não se compra setenta mil eleitores e os que se vendem são duvidosos, tipo que na hora não vota e não estão nem aí para a cidade.

Para Quaquá e outros insignificantes do Partido dos Trabalhadores, não percebem a perda de popularidade e que hoje só atingem a massa empobrecida da população, alimentada pelas migalhas caídas das mesas dos barões petistas, na distribuição de suas bolsas de tudo que se pode imaginar, como sobra da quantidade de dinheiro que retiram da classe média, os bobos da corte, financiadores dessa cadeia sem fim.

Essa prática paternalista faz parte da doutrina do poder. Escrúpulo não existe, a ordem é se eleger e saquear tudo, como piratas, onde financiam suas campanhas milionárias e perpetuam nos governos. O grande sucesso é reabastecer a pobreza, ensinamentos das religiões, onde está à miséria é solo fértil para enriquecer, pelo medo ou pelas migalhas do tipo netbook e outras bolsas mais.

Essa eleição é a mais importante da história de Maricá, não só pelo revezamento do poder e sim para retirar o grande dragão, ou melhor, o cavalo de troia que, inadvertidamente, entregamos a chave da cidade e seu tesouro.

9 comentários:

Luiz Carlos disse...

Sua palavras foram muito bem colocadas, espero que a população de Maricá esteja de olhos abertos e com a mente esclarecida, para não fazer besteira na hora do voto. Nós ficamos três anos e meio sem que fosse feito praticamente nada em toda a cidade, e agora nos últimos seis meses querem nos enganar com obras eleitoreiras que não sabemos se serão concluidas. Por isso sugiro ao povo que renovar é preciso, do jeito que está, é que não pode ficar.

Luciana Rizo disse...

Muito bem escrito ... adorei!
Esse cavalo de tróia (como bem definiu), precisa ser desmontado, quebrado.
Sempre se valeram dá tão pouco informação e pobreza educacional das pessoas.
Aproveitando-se destas para tornar suas atitudes (tão poucas honestas) e se mostrar com seus "favores" sem o minimo de "valores".
Covardes! jogo sujo.

Chega! Acredito q um belo dia, estas mesmas pessoas ora "iludidas" estaram aptas a desenvolver seus cerebros e a fazer valer seus poderes de voto concientes.

Luciana Rizo

Anônimo disse...

PUXA, LI ALGUMA COISA SENSATA E VERDADEIRA, O QUE ME ENTRISTECE, É QUE NÃO FALAM TODAS AS VERDADES, SE ASSIM FÔSSE, A POPULAÇÃO QUE SABE O SIGNIFICADO DO VOTO, ESTARIA MAIS UNIDA CONTRA O ESTADO LAMENTÁVEL DE NOSSA CIDADE.
É VERDADE QUE NA PÇA NO COMÍCIO DO QUAQUÁ, ESTAVA CHEIA, MAS DAÍ A AFIRMATIVA DE UM JORNAL NOVO COMO O LEI SÊCA, POSTAR QUE LÁ HAVIAM 10.000 PESSOAS, É UMA DEMONSTRAÇÃO CLARA, QUE PARA SER JORNALISTA TEM QUE CURSO SUPERIOR, REGULAMENTAÇÃO, ETC... . NÃO PODEM PEGAR UMA MÁQUINA FILMADORA, ABRIR UM SITE, E TENATR MANIPULAR O POVO, TENTAR ENGANAR A POPULAÇÃO, SOBRE VERDADES, DIVULGANDO MENTIRAS, PERDEU-SE A HONRA, A DIGNIDADE, A MORAL. INFELIZMENTE É UM JOVEM, AINDA TEM MUITO A APRENDER, E VER QUE O MUNDO E NO MUNDO, AQUI SE FAZ E AQUI SE PAGA.
DIA 07/10/2012, SERÁ UM DIA PARA ENTRAR NA HISTÓRIA DE MARICÁ, SERÁ UM DIA DE LIBERTAÇÃO PARA O POVO, CONTRA ESTES FASCÍNORAS QUE AÍ ESTÃO, UMA PREFEITURA MEDÍOCRE PARA UM POVO NECESSITADO DE TANTOS SONHOS E ESPERANÇAS POR DIAS MELHORES. O QUE SAIR VENCEDOR, QUE TENHA EM SUA MENTE, QUE MUITO PRECISA SER FEITO EM MARICÁ PARA MARICÁ, SEI DAS ALIANÇAS, CONHEÇO SEUS ALIADOS, MAS ANTES DE TUDO PENSE EM MARICÁ, NAS MORTES OCORRIDAS NESTE HOSPITAL, NAS CRIANÇAS FORA DA SALA DE AULA, NA FALTA DE EMPREGO, SAÚDE, EDUCAÇÃO, SANEAMENTO, SEGURANÇA PÚBLICA, ETC...........

Anônimo disse...

DAS DUAS MIL PESSOAS QUANTOS ERAM PAGOS ? qUANTOS ERAM FUNCIONARIOS DA PREFEITURA OBRIGADOS A ESTAREM LÁ? QUANTOS ALI ESTAVAM POR RECEBERAM UMA CERVEJINHA GRATIS?...

Anônimo disse...

Gente diferente, estranha, tipo baixada. Jovens marrentos, com cerveja nas mãos, também tinham aos montes no comício do "CRENTE" MARCELO DELAROLI,INCLUSIVE O ONIBUS DA VIAÇÃO NOSSA SENHORA DO AMPARO E COSTA LESTE, DESCIA UM PESSOAL ATÉ PIOR, DESCEU UM HOMEM JÁ CAINDO DE TÃO BÊBADO QUE ESTAVA.
Já que vcs são certinhos publiquem meu cometário também, pois vcs só publicam os que falam bem de vcs...SÃO TDS RUINS TUDO AFIM DE ROUBAR, PIOR AINDA É O DELAROLI, QUE SE DIZ DA IGREJA BATISTA, VAI LÁ NO ALTAR PARA O PASTOR ORAR PARA ELE GANHAR A ELEIÇÃO, É O FIM...TANTA COISA PARA ORAR

Anônimo disse...

E isso ocorre em todos os comícios, principalmente o do senhor Ricardo Queiroz que também vai para igreja católica rezar no altar para ganhar a eleição, inclusive ele aparece em muitas capelas do município para pedir votos, ou seja, não falae somente do Marcelo ou do Quaquá, fale também dmo Ricardo.

Anônimo disse...

Eu não voto no Quaquá , os outros são os outros

Anônimo disse...

O pior de tudo isto é que no começo do ano estavam todos juntos...
Agora que se veem perdidos querem a todo custo ridicularizar a porpulação de maricá.
O que mais me entristece é ver que o povo de Maricá continuará por um bom tempo sem um jornalismo sério, totalmente isento, em que possa confiar.

RapunzaBatera disse...

Nossa! Tendenciosa essa matéria.
Não conseguem disfarçar que estão pelando o saco do Ricardo, que, por sinal, perdeu feiasso...
Quaqua faz alguma coisa.
Ele já tá com a manha da cidade... Se entrasse outro, seriam 4 anos de lengalenga e roubalheira, até fazer umas 2 ou 3 obrinhas no final... Quaqua já roubou o que tinha que roubar, agora tem que fazer, pra, quem sabe, voltar a roubar nas proximas eleições.
A melhor opção foi o Quaqua mesmo.

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.