Ricardo Queiroz pratica crime contra o editor do ItaipuaçuSite e agora vai responder a mais um processo na justiça

Não é de hoje que o ItaipuaçuSite incomoda aos políticos e à boa parte da imprensa comprometida com a corrupção na cidade de Maricá.

Criado numa época conturbada, no início de 2011, o ItaipuaçuSite vem descortinando as barbáries do poder público contra a população na região. O descaso com os cidadãos, as centenas de mortes no hospital, o jogo político sujo e a falta de moralidade na casa de leis, são tópicos reais que, há muito, lamentavelmente, gravitam sobre a atmosfera maricaense.

Aliás, o ItaipuaçuSite é conhecido e reconhecido por todos, inclusive por outros veículos de comunicação e políticos da região, como sendo uma mídia que não veicula matérias pagas, ou seja, jamais se vende. Alguns já até tiveram a audácia de assediá-lo, mas deram com os burros n'água.

A matéria em questão, causadora da ira de Queiroz, foi elaborada baseada em acontecimentos cronologicamente desvendados. Todavia, há erro crasso de interpretação do reclamante. No texto, não há qualquer indício de afirmação, acusação ou algo do gênero que possa vir a comprometer a integridade da matéria ou descredibilizar o ItaipuaçuSite perante os seus leitores. Além do mais, em sua acepção literal, os tempos dos verbos permanecem todos no condicional (futuro do pretérito). O Artigo, em si, expõe os fatos e leva o leitor à reflexão. Porém, em época de corrida ao poder e na reta final de chegada, para o candidato, principalmente àqueles, que maquiavelicamente encontram-se visivelmente mancomunados, no caso, PT e PMDB, interpretar texto é perda de tempo. Melhor mesmo é criar factoides para tentar derrotar um adversário que, a seu ver, já venceu.

Frequentemente, falta de temperança traz desinteligência e leva, consequentemente, à insensatez. Assim, o então candidato, em estado desequilibrado e num momento extemporâneo de uma entrevista a milhares de expectadores, veiculada às redes sociais e inúmeros sites e blogs, enfim, referiu-se ao editor do ItaipuaçuSite, pronunciando com clareza o seu nome, como sendo um "bandido". No embalo, em outra entrevista a um outro blog, referiu-lhe o termo "mau caráter".

Logo após assistir aos vídeos, requerida a orientação jurídica, constatou-se o crime contra a honra do editor do ItaipuaçuSite que, imediatamente, tomou as devidas providências cabíveis. De certo, pensará Queiroz que dos cento e poucos processos que já possui, mais um vai ser "de letra". Mas um processo de crime contra a honra de alguém que não se vende, aí fica complicado!

Previous
Next Post »

8 comentários

Click here for comentários

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião. ConversionConversion EmoticonEmoticon

Thanks for your comment