sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Sem Love, Flamengo não sai do zero com Bahia, no Engenhão.

Wellington Silva se destacou
novamente.

Com grande presença da torcida, o Flamengo sentiu a falta do seu artilheiro e, apesar das chances de gol, não conseguiu marcar contra o Bahia.

Logo aos 3 minutos de jogo, o time baiano assustou em chute de longe de Diones, que passou à direita do gol. O rubro-negro não conseguia criar e o Bahia chegou com perigo novamente aos 18, em chute de Gabriel, que Felipe parou em grande defesa. Aos 25, após cobrança de escanteio, Titi desviou a bola no primeiro pau e por pouco não abriu o placar. A essa hora o goleiro Felipe perdia a paciência com a zaga rubro-negra.

O primeiro tempo seguia péssimo para o Flamengo. Felipe fez boa intervenção em chute de fora da área de Cláudio Pitbull, aos 28. Aos 33, Hélder foi quem chutou com perigo, dessa vez à esquerda de Felipe. No minuto seguinte, Zé Roberto se aproveitou de péssima saída de bola da zaga do Mengão e ligou contra-ataque, porém o ataque demorou para resolver e desperdiçou a chance.

Aos 35, finalmente uma boa jogada rubro-negra. Léo Moura arrancou pela direita e cruzou para Renato, que cabeceou por cima da meta. O Flamengo melhorou no fim da primeira etapa e por pouco não marcou aos 47, em chute de Ibson que parou em Marcelo Lomba.

Na volta do intervalo, o Fla veio mais agressivo e aos 6 minutos, após pressão na área baiana, Léo Moura rolou para Cléber Santana, que encheu o pé e a bola explodiu no travessão. Aos 18, Adryan recebeu ótimo cruzamento de Léo Moura e cabeceou por cima, desperdiçando grande oportunidade. Aos 19, Kléberson fez ótimo passe para Gabriel, que cara a cara com Felipe, chutou em cima do goleiro e desperdiçou a melhor chance baiana no jogo.

O Flamengo tentava o gol, porém esbarrava na própria desorganização. Aos 26, o estreante Wellington Bruno deu bom passe para Adryan na esquerda. O garoto bateu cruzado, porém sem força e Lomba defendeu com facilidade. O time carioca tentou até o fim. Em chutes de longe e lances de bola parada, a equipe conseguiu criar perigo mas nenhuma oportunidade realmente clara.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 0 X 0 BAHIA
Estádio: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 04/10/2012 - 21h (de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Auxiliares: Carlos Berkenbrock (SC) e Rafael da Silva Alves (RS)
Renda/Público: R$ 380.075,00/25.777 pagantes
Cartões amarelos: Fahel (33'/2ºT); Kleberson (40'/2ºT) e Hélder (44'/2ºT)
Cartões vermelhos: Não houve
FLAMENGO: Felipe, Wellington Silva, Frauches, González e Magal; Renato, Ibson, Léo Moura e Cleber Santana (Wellington Bruno, 24'/2ºT); Hernane (Adryan, intervalo) e Liédson (Nixon, 41'/2ºT).
Técnico: Dorival Júnior
BAHIA: Marcelo Lomba, Neto, Danny Morais, Titi e Jussandro; Fahel, Diones, Hélder e Zé Roberto (Kleberson, 14'/2ºT); Gabriel (Lulinha, 39'/2ºT) e Elias (Cláudio Pitbull, 20'/1ºT).
Técnico: Jorginho

0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.