segunda-feira, 29 de abril de 2013

Botafogo e Fluminense goleiam e farão final da Taça Rio

Por William Amaral

Chuva de caxirola na Bahia, UFC e reabertura do Maracanã

Goleada 1. No sábado, o Botafogo massacrou o Resende por 5 a 0 e se garantiu na final da Taça Rio. O destaque do jogo foi Lodeiro, que marcou um e deu assistência para outros dois gols. Fellype Gabriel, Rafael Marques, Dória e Seedorf marcaram os outros tentos do Fogão, que precisa apenas de um empate contra o Flu no próximo domingo para se sagrar campeão carioca.

Goleada 2. Jogando um belo futebol, o Fluminense emplacou 4 a 1 no Volta Redonda. O time tricolor dominou o tempo inteiro e só não fez mais por esbarrar na trave. Rafael Sóbis, duas vezes, Wellington Nem e Thiago Neves marcaram para o Fluzão. O gol de Thiago foi uma pintura. De fora da área, ele encobriu o goleiro, colocando a bola no ângulo. O camisa 10 precisa recuperar seu espaço, já que volta de lesão e vê Wagner em boa fase, justamente na vaga que era sua. O tricolor precisa vencer o Botafogo na final da Taça Rio para forçar mais dois jogos, que decidirão o Estadual.

Protesto. Neste domingo, o Bahia foi derrotado pelo Vitória por 2 a 1. Quando o jogo estava 2 a 0 para o rubro-negro, a torcida do Bahia atirou, no gramado, parte das 50 mil caxirolas distribuídas às torcidas. Como não é da cultura do torcedor brasileiro portar instrumentos nas arquibancadas, ficou claro que o objeto, empurrado goela abaixo pelo Governo, não é motivo de orgulho para nenhum torcedor.

Maracanã. Na reabertura do Maracanã, o time dos amigos de Ronaldo venceu o dos amigos de Bebeto por 8 a 5, porém os destaques ficaram longe dos gramados: operários vendiam ingressos nos arredores do estádio, protestos também aconteceram e os shows tiveram playback. De positivo, apenas a bela estrutura do estádio, cuja reforma, ainda inacabada, custou mais de R$ 1 bilhão aos cofres públicos.

UFC. Neste sábado rolou o UFC 159, e na luta principal, aconteceu o que a grande maioria já previa: vitória arrasadora de Jon Jones sobre Chael Sonnen. O campeão derrubou o desafiante como quis e aplicou uma série de golpes que fizeram com que o juiz interrompesse o combate no primeiro round. Jones acabou quebrando o dedão do pé no meio da luta.

Vinny não resistiu a Davis.
Mais UFC. No card principal, destaque para a luta entre Pat Healy contra Jim Miller, eleita a melhor da noite e que teve o primeiro como vencedor por finalização no terceiro round. Destaque também para o nocaute brutal de Roy Nelson sobre Cheick Kongo no primeiro round. Único brasileiro no evento, Vinny Magalhães foi derrotado na decisão por Phil Davis. No card preliminar, as mulheres deram novo show na luta entre Sara Mcmann contra Sheila Gaff, com a primeira vencendo por nocaute no primeiro round.


0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.