Porto de Jaconé: Praias até Cabo Frio serão atingidas

Por Ricardo Vieira Ferreira - Por que construir o TPN - Terminal Ponta Negra? Dizem que será para desembarcar 40 % da produção de petróleo do pré-sal. O porto de Itaguaí já tem a infra-estrutura para o transporte ao COMPERJ, por dutos.

A Petrobrás desviou a chegada do gasoduto do pré-sal - aquele de 300 km subaquático – para fora da área do porto de Jaconé, sinal que não precisa dele. Falam em exportar minério pelo mesmo porto e construir estaleiro para reparos aos barcos de apoio às plataformas de petróleo. Não há porto ‘limpo’, notadamente para desembarque de petróleo, desconhece-se estaleiro ‘limpo’, nem há como embarcar minério a granel sem poluir.

Os promotores desses projetos também não informam o que farão com os dejetos da lavagem desse petróleo, a ser feita na retro área do porto. Será que vão ser jogados no mar? No subsolo dessa área há um lençol aquático à flor da superfície – perfeitamente visível em fotografias aéreas - portanto não haverá como evitar a poluição da reserva e a consequente poluição das duas lagoas. Ademais, quer-se construir este porto em mar aberto, quase sempre com ondas fortes e altas. Em dias de vento forte, sobem a 2,5/3 metros e, quando de tempestades, esse mar sempre foi capaz de atravessar as dunas ao longo da costa e tornar salobros os brejos vizinhos.

Para fazer quebra-mares capazes de sustentar o violento impacto do mar, em profundidades de 40 a 50 metros de lâmina d’água, só com grandes enrocamentos. De onde virão as pedras? Será que vão destruir o cabo de Ponta Negra? É urgente que os interessados na proteção ao meio ambiente se conscientizem - inclusive os surfistas - do desastre inevitável que virá com a construção dos projetos do porto ‘Terminais Ponta Negra’ e das indústrias a instalar na sub-região de Jaconé.

Adeus às praias e não é só isto - o caminho natural, inelutável, das águas dessa sub-região, inclusive as subterrâneas, é de Ponta Negra em direção à lagoa de Jaconé e, desta, à de Saquarema - em ambas há pescaria artesanal, meio de sobrevivência de muitas famílias locais. Mais que isto, Jaconé já é balneário importante e centro de surfe de renome mundial. No mar forte correnteza de superfície, permanente, levará toda a poluição, de Ponta Negra a Saquarema, a Araruama e a Cabo Frio.

Previous
Next Post »

3 comentários

Click here for comentários

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião. ConversionConversion EmoticonEmoticon

Thanks for your comment