segunda-feira, 5 de maio de 2014

Flamengo vence Palmeiras de virada, Flu e Bota perdem

Por William Amaral

Vasco vence primeiro jogo na Série B
  
De virada. O Flamengo recebeu o Palmeiras no Maracanã e após fazer um péssimo primeiro tempo, conseguiu a virada no segundo, para a alegria dos 16.318 pagantes.

Melhor no início, o Palmeiras parecia jogar em casa e aos 10, Wesley aproveitou bola rolada por Leandro e encheu o pé de fora da área para abrir o placar. Três minutos depois, Nixon cruzou rasteiro e após bola dividida, Paulinho aproveitou para empatar. Aos 30, Wendel cruzou rasteiro da direita e Valdívia deu belo passe para Henrique marcar para os visitantes, que seguiram melhores no primeiro tempo. O Mengão mudou na segunda etapa. Saiu Nixon, entrou Mugni e a partida virou outra. Logo aos 4, Mugni cruzou da esquerda, Alecsandro ajeito e Márcio Araújo chegou batendo para empatar. Só dava Flamengo e aos 14, Mugni deu ótima assistência para Alecsandro colocar o Fla em vantagem. Aos 27, Wallace arrancou do campo de defesa, passou por dois marcadores e deixou Alecsandro em ótimas condições. O centroavante não perdoou e matou o jogo. Belo segundo tempo, mas a atuação na primeira etapa fica como alerta para o Mengão, que tem 4 pontos e é o 9º colocado.

Jogou bem, mas perdeu. Com 44.975 pagantes, o Fluminense lotou o Maracanã em pleno sábado à noite, mas deixou a desejar no fim. O Tricolor começou com tudo em busca de um gol nos primeiros minutos. Boas trocas de passes, com muita movimentação dos meias e a criatividade de Conca fazendo a diferença. Aos 11, Sóbis mandou uma bomba na trave. Algumas outras chances se sucederam, mas os times foram para o intervalo com o zero no placar. Na segunda etapa, o Fluminense parecia mais cansado e não tinha o mesmo ímpeto do início do jogo. Logo aos 8, Marquinhos aproveitou sobra de cruzamento e, de fora da área, chutou forte. A bola desviou na cabeça de Fred e estufou as redes de Cavalieri. O jogo ficou mais aberto, com o Vitória mais perigoso nos contragolpes. Em um deles, aos 37, Marquinhos aproveitou passe de Juan e fez o segundo dos baianos. Aos 42, Jean cobrou falta, o goleiro Wilson deu rebote e Wagner, impedido, diminuiu o placar. Apesar da derrota, o Fluminense mostrou um bom futebol e mostrou que a torcida pode sonhar com o título em 2014. O Fluzão está em 5º, com 6 pontos.

Derrota. O Botafogo visitou o Bahia e voltou com uma derrota da Fonte Nova. Melhor no início, o Bahia apostava na velocidade de seus jogadores, enquanto o Fogão abusava da bola longa. Aos 26, Lincoln perdeu ótima chance, com Jefferson já batido. Aos 45, o Bahia marcou de falta, mas o gol foi corretamente anulado, pois um atleta do time baiano, que estava impedido, atrapalhou a visão de Jefferson. O segundo tempo seguiu na mesma toada do primeiro e aos 13, Anderson Talisca, promessa do Bahia, lançou Pará na esquerda. O lateral cruzou para trás e Maxi Biancucchi apareceu como um raio, dominou e bateu com categoria, sem chances para Jefferson. O Botafogo tentou a reação e chegou perto de empatar em boa conclusão de Wallyson, que acertou a trave. O Fogão teve mais algumas boas chances, mas o placar terminou mesmo a favor do time da casa. O Alvinegro tem apenas 1 ponto e é o vice-lanterna do campeonato.

Primeira vitória. Em São Januário, mas com os portões fechados, o Vasco derrotou o Atlético-GO e fez seus primeiros três pontos na Série B. Logo aos 3, Douglas cobrou falta com perfeição e abriu o placar. O ritmo do jogo caiu e o Dragão chegou perto de empatar em algumas oportunidades. No segundo tempo, o Vasco voltou a crescer e aos 25, Marlon recebeu lindo passe de Aranda e mercou o segundo. Aos 42, Fellipe Bastos acertou a trave. No rebote, Marlon emendou para o gol e fez o terceiro do cruzmaltino. O Vasco é o 7º colocado, com 4 pontos.





0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.