sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Ruas de Maricá abandonadas apesar do orçamento milionário

Ricardo Vieira Ferreira - A imagem foi obtida em horário escolar, por volta das 10h. Além do absurdo da ausência de urbanização, que atinge 90% das vias públicas, as crianças deveriam estar estudando, uniformizadas e não maltrapilhas no meio da lama. Maricá possui cerca de 140 mil habitantes com um orçamento de R$ 616 milhões para 2014, graças aos royalties do petróleo e inúmeros convênios com o Governo Federal.

Algumas ruas receberam asfalto pelos programas do governo estadual e outras são calçadas pela prefeitura com obras de baixíssimo padrão. A Estrada de Itaipuaçu, importante eixo de circulação de veículos, teve seu projeto mutilado ficando sem galerias de águas pluviais e outras benfeitorias prometidas à população. Consumiu cerca de R$ 31 milhões e vive alagada e sendo remendada.

Há uma Ação Civil Pública de Improbidade Administrativa de autoria do Ministério Público Estadual que busca a devolução de R$ 11 milhões aos cofres públicos como reparação pelos absurdos praticados na execução da citada obra.

No entanto, os jornais, rádios e TV’s são abarrotados de propaganda oficial de Maricá, inclusive em horário nobre na Rede Globo espaço mais caro da televisão brasileira. Shows milionários em praça pública, patrocínio de R$ 4,5 milhões à escola de samba da cidade de Duque de Caxias e milhares de comissionados consomem grande parte dos impostos, ficando o povo em segundo plano.





2 comentários:

Anônimo disse...

É isso ai galera de Itaipuaçu, agora votem na mulher do Quaqua. Acorda Povo de Marica.

Anônimo disse...

Uma população distraída e só preocupada com seu próprio UMBIGO, somada aos "poderes" público Municipal, Estadual e Federal OMISSOS, só podem resultar nesta situação caótica em que vivem os moradores de Maricá e, em especial, os moradores do Bairro de Itaipuaçú.Lamentável!!!

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.