segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Análise da luta – Rampage Jackson x Glover Teixeira – UFC on Fox 6


Apesar de não ser a luta principal do evento do próximo sábado, com certeza esta peleja é a mais aguardada pelo público brasileiro, que antes de assistir ao duelo pelo título do peso mosca entre Demetrious Johnson e Jonh Dodson, poderá ver a primeira derrota de Rampage para um brasileiro dentro do UFC. O americano, que vem de duas derrotas seguidas fará de tudo para que isso não ocorra e ao mesmo tempo dar uma boa impressão aos fãs na última luta de seu atual contrato com a organização americana.

O auge de Rampage ao derrotar Liddell
e conquistar o cinturão do UFC.
Eleito o lutador revelação de 2012 pelo UFC, Glover Teixeira é uma das apostas brasileiras para retomar o cinturão dos meio-pesados, nas mãos de Jon Jones desde a surra que ele protagonizou sobre Shogun. E para chegar até o topo, Glover precisa vencer o duelo, que era pra ter ocorrido no UFC Rio 3. O brasileiro soma 17 vitórias seguidas e vem de um incrível atropelo sobre Fábio Maldonado, que substituiu o então lesionado Rampage em outubro de 2012.


Trocação:

O nocaute sobre Wanderlei.
Rampage Jackson é conhecido por suas mãos pesadas, boxeia bem, mas costuma ser também um alvo fixo para seus adversários. Pode decidir a luta a qualquer momento com um só golpe. Possui 16 nocautes na carreira, porém o último assinalado foi no fim de 2008 sobre Wanderlei Silva.

Glover Teixeira é um grande lutador em pé. Mais versátil que seu adversário, o brasileiro tem mãos pesadas e treina com grandes trocadores como Lyoto Machida, Chuck Liddell, dentre outros. Tem 13 nocautes na carreira sobre nomes como Sokoudjou, Marvin Eastman e Ricco Rodríguez.


Quedas:

Linda queda aplicada
por Jackson.
RJ: O outrora temido wrestler do Pride praticamente não utiliza mais a modalidade durante suas lutas. É verdade que ainda é capaz de aplicar lindas quedas, como a que fez sobre Ryan Bader em sua última luta, mas hoje pode se dizer que Rampage levaria desvantagem nesse quesito diante de Glover.

GT: Com uma boa experiência no wrestling devido ao bom tempo em que morou e treinos nos EUA, Glover possui técnica, velocidade e força suficientes para derrubar Jackson. Sua boa trocação pode ser o fator determinante para fintar o experiente americano e o colocar de costas no solo, onde teoricamente é seu ponto fraco. A tarefa não será das mais fáceis, mas o brazuca é capaz.


Chão:

Jones finalizou Rampage
com facilidade.
RJ: Por cima, o americano sempre foi um tormento para os adversários com mãos pesadíssimas, bom controle e seus bate-estacas estremeciam e nocauteavam seus adversários, como o que aplicou em Ricardo Arona ainda no Pride. Por baixo, não tem boa técnica, apenas usa a força pra tentar voltar a ficar de pé. Foi dominado por Rashad Evans, Jon Jones e contra Lyoto Machida cedeu à montada em poucos segundos.
O katagatame sobre Kingsbury.

GT: Participante dos ADCC’s 2009 e 2011, maior torneio de luta agarrada do mundo, Glover possui ótima técnica no solo. Mostrou isso durante toda sua carreira e logo em sua estreia no UFC, finalizou Kyle Kingsbury com facilidade. Caso fique por cima de Rampage durante a luta, é provável que não precise de mais do que dois minutos para encerrar o combate seja no ground and pound ou com alguma finalização.


Caminho para a vitória:

Glover surrou Maldonado no chão
e pode fazer o mesmo com Jackson.
RJ: Manter a luta em pé e usar suas boas combinações no boxe aliadas às suas pesadas mãos para nocautear ou mesmo levar a luta por pontos. Derrubar Glover seria difícil e o faria gastar muita energia. Uma vez no solo, também seria difícil manter o brasileiro lá.

GT: Pode nocautear Rampage em pé, mas o caminho mais fácil é levá-lo ao solo e, por cima, soltar as bombas já conhecidas de Fábio Maldonado e conseguir o nocaute ou até mesmo abrir espaço para uma finalização.



Confira o card completo do evento:

CARD PRINCIPAL
Demetrious Johnson x John Dodson
Rampage Jackson x Glover Teixeira
Anthony Pettis x Donald Cerrone

Erik Koch x Ricardo Lamas

CARD PRELIMINAR
T.J. Grant x Matt Wiman
Clay Guida x Hatsu Hioki
Ryan Bader x Vladimir Matyushenko
David Mitchell x Simeon Thoresen
Shawn Jordan x Mike Russow
Pascal Krauss x Mike Stumpf
Rafael Sapo x Sean Spencer
Michael Kuiper x Josh Janousek


0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.