terça-feira, 2 de abril de 2013

Maracutaia no CMS: gestores aplicam golpe e aprovam relatório que já havia sido rejeitado

O Conselho Municipal de Saúde (CMS) reuniu-se na última quarta-feira (27/3) e, conforme previsto, sob intensa pressão dos representantes do governo, pôs em votação e conseguiu aprovar o relatório de gestão de 2011 que já havia sido votado e rejeitado, anteriormente.

Segundo alguns conselheiros, o ato foi ilegal, pois consta no artigo 68º do próprio regimento interno que o mérito já votado não pode ser discutido, devendo ser homologado pelo presidente do Conselho ou pelo secretário de Saúde.

Enquanto isso, em meio a esse verdadeiro furdunço, os relatórios das contas de 2012 continuam desaparecidos e o hospital do município, sem médicos, equipamentos e medicamentos, mata cidadãos inocentes a cada dia.

3 comentários:

Anônimo disse...

Alguns cidadãos, que morrem no hospital de Maricá por falta de socorro médico, votaram no atual prefeito. Ninguém merece ser deixado morrer sem cuidados médicos, mas estes foram irresponsáveis diante das urnas e estão colhendo o fruto podre do mal que plantaram. Só resta agora pedir a intervenção divina, pois a Justiça brasileira é lenta e muito cara.

Anônimo disse...

E AÍ FICA A PERGUNTA: O QUE O CONSELHO DEVE FAZER, PROCURAR O MINISTÉRIO PÚBLICO? PROCURAR A POLÍCIA? QUAL É A ATITUDE E O DEVER DE CONSELHEIRO NESTA HORA? SE É ISTO, POR QUE AINDA NÃO O FIZERAM? QUAL É A RAZÃO DA DEMORA?

Anônimo disse...

Resposta levar um dinheirinho para aprovar o relatório de gestão de 2011, que já havia sido votado e rejeitado, anteriormente ou fazer média com Secretária de Saúde a Drª JANETE, que já foi do Conselho de Medicina e etc...

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.