quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Botafogo empata com Galo e cai para 2º

Por William Amaral

Flamengo e Fluminense também empatam.

Empate doído. Sem Seedorf, o Botafogo foi ao Independência enfrentar o Atlético Mineiro, que contava com a volta de Ronaldinho. O jogo começou quente e o Fogão abriu o placar, aos 14, com Elias, que aproveitou cobrança de escanteio e testou para as redes. Aos 28, a qualidade fez a diferença e Ronaldinho cobrou falta no ângulo e Jefferson só olhou. O empate persistiu até o intervalo. Na segunda etapa, o Botafogo voltou mais ligado na partida e aos 13 minutos, Lodeiro recebeu de Marcelo Mattos e, dentro da área, ajeitou e bateu firme, sem chances para Victor. A partir daí, o Galo pressionou pelo empate. Jefferson ia garantindo a vitória, até que aos 48, após bola alçada na área, Luan bateu da pequena área e empatou o jogo. Com o resultado, o Fogão caiu para a 2ª posição, com 24 pontos, atrás do Cruzeiro, que venceu e assumiu a liderança.

Goleiro empata no fim. O Flamengo “recebeu” a Portuguesa em Brasília e venceria a partida não fosse o gol do goleiro Lauro, no último lance. O Mengão começou melhor, com Elias se destacando, o que já está virando rotina. Outro fato que está virando rotina são as muitas chances desperdiçadas pelo time rubro-negro, e ontem não foi diferente. Hernane, Gabriel e João Paulo perderam boas chances de marcar. Na bola aérea, a zaga flamenguista se atrapalhava e concedia oportunidades à Lusa. No segundo tempo, os visitantes cresceram e passaram a pressionar, até que aos 22, Hernane recebeu de Paulinho, de cabeça, e sofreu pênalti. Na cobrança, João Paulo abriu o placar. O Flamengo desperdiçou outras boas chances, com Hernane e Paulinho e sofreu duro golpe no fim. Aos 47, Souza cobrou escanteio, o goleiro Lauro foi ao 3º andar e testou para o chão, a bola quicou e Léo Moura poderia ter tirado, mas se atrapalhou no lance e a bola morreu no fundo das redes. Dois pontos perdidos e 13ª colocação, com 14 pontos.

Empate bom. O Fluminense foi ao Barradão enfrentar o Vitória e saiu com um empate bom pelas circunstâncias do jogo. Logo as 5 minutos, Felipe errou passe no campo de defesa, o time baiano aproveitou e abriu o placar com Maxi Biancucchi, de biquinho. O jogo ficou equilibrado. O primo de Messi ainda assustou Cavalieri em duas oportunidades e parece outro jogador em relação àquele que atuou no Flamengo há alguns anos. Na segunda etapa, o Flu cresceu e perdeu boas chances, com Jean, Kennedy. Aos 38, o goleiro Wilson espirrou o taco ao socar a bola e a mesma sobrou para Fred, que, de cabeça, colocou no fundo das redes. Antes do fim, o mesmo Fred teve duas chances de virar o jogo. Na primeira mandou para fora e na segunda acertou o travessão. Foi só. O Fluminense está no 11º lugar, com os mesmos 14 pontos de Vasco, que joga hoje, e Flamengo.

Venda cara. O Atlético Mineiro vendeu o garoto Bernard ao Shakhtar Donetsk da Ucrânia. A transação teve o alto valor de R$ 77 milhões. Apesar do talento do jovem, o clube ucraniano pagou bem caro por um jogador que ainda não foi totalmente experimentado. No novo clube, Bernard terá a companhia de vários brasileiros. Entre eles, Wellington Nem, Alex Teixeira e Taison. Bernard serviu à seleção brasileira durante a Copa das Confederações.



0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.