Maricá: Crise na saúde se agrava e obras são paralisadas

Depois de o atual prefeito Washington Quaquá (PT) enganar a população de Maricá por 8 anos, caberá ao novo gestor Fabiano Horta tentar reverter o grave quadro da saúde em Maricá.

Todas as obras dos postos de saúde e da unidade de atendimento especializada (que faz a triagem de atendimento) estão paralisadas desde o final de setembro. Apenas alguns funcionários ainda são vistos nestes locais tentando a duras penas fazer alguma coisa sem o mínimo de recursos.

EMPRESA RESPONSÁVEL PELO HOSPITAL IRÁ PARALISAR OBRAS

Já no novo hospital municipal localizado no km 22 em São José do Imbassaí, a construtora responsável pela obra, a GUIMELL, já dispensou as empresas terceirizadas que trabalhavam na obra e agora apenas cerca de 40 funcionários ainda permanecem no local fazendo o básico com o que ainda resta de material e força de mão de obra disponível.

Segundo informações, a Guimell deverá paralisar as obras em breve dispensando os poucos funcionários que ainda trabalham no local. Ainda segundo as informações, a obra já teve 180 funcionários.

Tudo isso se deve ao não pagamento, por parte da prefeitura, à construtora. Dos R$ 44 milhões totais da obra, já tem quase R$ 20 milhões a receber e nenhum tostão entrou nos cofres da empresa.

Com informações do O Barão



Previous
Next Post »

9 comentários

Click here for comentários

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião. ConversionConversion EmoticonEmoticon

Thanks for your comment