RECURSO DE ÚLTIMA HORA LIVRA QUAQUÁ DE USAR TORNOZELEIRA ELETRÔNICA

Por Marcelo Bessa - O juiz da 2a Vara Federal de Niterói despachou no último dia 20, véspera do embarque do ex-prefeito de Maricá e atual presidente regional do PT, washington Quaquá, para Portugal, decisão a pedido do MPF proibindo que o mesmo se ausente do país e de sua comarca jurisdicional. Imputou também ao réu a utilização de tornozeleira eletrônica, além da retenção de todos os seus passaportes válidos.

O requerimento das medidas cautelares foi fundamentado em notícia recentemente publicada em dois sites locais referente à entrevista concedida por Quaquá a repórteres dos jornais Gazeta e GBnews de que deixaria o país no último dia 21 rumo a Portugal onde pretendia permanecer por não menos de um ano e seis meses.

De acordo com o MPF, o curso da ação vem sendo reiteradamente obstado pelo réu, dificultando sua citação por parte dos oficiais de justiça, visto que o mesmo nunca era encontrado no endereço fornecido.

No dia 21, conforme havia anunciado, Quaquá tentou embarcar no Aeroporto Tom Jobim mas foi surpreendido por agentes da PF que o detiveram e apreenderam seu passaporte.

No entanto, no último dia 25, o réu entrou com recurso contra as medidas cautelares alegando que se ele quisesse fugir do país não teria noticiado sua viagem. Quaquá ainda informou mais um outro endereço localizado no Espraiado. Assim, o juiz decidiu acatar o recurso, parcialmente, substituindo a tornozeleira eletrônica pelo comparecimento quinzenal do réu ao Juízo, mantendo as demais cautelares.









Previous
Next Post »

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião. ConversionConversion EmoticonEmoticon

Thanks for your comment