Maricá: prefeito, vereadores e secretários podem parar na cadeia

Nesta segunda-feira (11), o atual delegado titular da 82ª DP em Maricá, José William de Medeiros, abriu inquérito para investigar irregularidades caracterizadas por crime de usurpação de poder ocorrido durante uma sessão extraordinária na Câmara Municipal e o mesmo já mandou intimar os envolvidos, entre eles, além do prefeito, nove vereadores e dois secretários.

O fato aconteceu durante as férias parlamentares de julho de 2011, quando o prefeito Washington Quaquá (PT) convocou os vereadores, em sessão extraordinária, na qual foram aprovados, por unanimidade, créditos suplementares de R$ 160 milhões.

Quaquá, Delgado e Maria Helena mais 9
vereadores responderão por formação
de quadrilha
Participaram daquela sessão, nove vereadores, entre os quais, Uilton Viana Filho (PSB), Alberto da Maricaense (PSDB), Henrique Cardoso (PPL), Robson Dutra (PMDB), Helter Ferreira (PT), Fabiano Horta (PT), Bubute (PT), Ronny Ferreira (PT) e o vereador Aldair de Linda (PPL), que presidiu a sessão. Entre os secretários intimados figuram os nomes de Paulo Cesar Borges Delgado Filho, da pasta de Obras e de Maria Helena Alves Oliveira, da Administração.

O inquérito é abalizado em ato irregular, pois somente o presidente da câmara, Luciano Rangel Júnior poderia convocar tal sessão em caráter extraordinário. Segundo o delegado José William, além do crime de "usurpação de poder", todos poderão responder também pelo crime de "formação de Quadrilha".

A secretaria de comunicação da prefeitura não quis comentar o caso.

Comentários

  1. JÁ É UM COMEÇO. MAS TÁ PARECENDO JOGO DE CENA: A POLÍCIA MOSTRA QUE É "ISENTA", AO FIM, ACABA TUDO EM PIZZA, E OS ENVOLVIDOS AINDA GANHAM UM DESABONO. SÓ ACREDITO VENDO...

    ResponderExcluir
  2. Que a justiça seja feita!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Meu Deus!!!! O que está havendo com minha cidade!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Quero ver acontecer de fato...

    ResponderExcluir
  5. Já estava mais do que na hora dessa quadrilha ter a punição que merece. Enfim a justiça tarda mais esperamos que dessa vez ela não falhe. Cadeia neles!

    Roberto Santos

    ResponderExcluir
  6. PARABÉNS AO DELEGADO JOSÉ WILLIAM DE MEDEIROS!

    ResponderExcluir
  7. Parece que Maricá é mesmo caso de Polícia.

    ResponderExcluir
  8. Parabéns ao Delegado José William. Apesar das CENTENAS de DENUNCIAS contra o Quaquá e seu PÉSSIMO Governo.
    Agora temos uma nova esperança em vermos OS MELIANTES do COLARINHO BRANCO sendo PUNIDOS.

    Vamos continuar cobrando e aguardando as PUNIÇÕES NA FORMA DA LEI.

    Lugar de chefe de Quaquádrilha e seu BANDO é na PRISÃO.

    ResponderExcluir
  9. Esperamos que o Delegado William cumpra o seu papel com relação aos muitos crimes que emanam da Prefeitura. Infelizmente, isso não aconteceu com seus antecessores. Por outro lado, estranha-se o silêncio do MP Maricá, a quem caberia adotar providências para que nossa cidade não se tornasse refém dessa "turma".

    ResponderExcluir
  10. MILAGREEEEEEEEEEEEEEE.............
    ATÉ QUE ENFIM PARECE QUE ACORDARAM, E NOS RESTA UMA ESPERANÇA DE VERMOS AS PESSOAS QUE ESTÃO NOS LESANDO NA CADEIA.
    ITAIPUAÇU NÃO MERECE ISSO, UMA CIDADE TÃO LINDA, TÃO CALMA, ADMINISTRADA POR UMA CAMBADA DE PESSOAS INCAPAZES, QUE FINJEM NÃO VER QUE A MARGINALIDADE ESTÁ CHEGANDO A MARICÁ/ITAIPUAÇU, E NÃO FAZEM NADA POR NÓS.

    ResponderExcluir
  11. Delegado, não se intimide: cumpra com sua ogrigação. Ao contrário de outros, que não cumprem a sua, ao contrário, aparecem desesperados ao fim do recesso para liberar 160 MILHÕES para o Quaquá pagar a folha dos COMI$$IONADO$. Assim, no recesso, sem avisar ninguém, evitaram a imprensa vigilante e as manifestações populares na porta da Cãmara. Não adiantou. O remendo agora vai ficar pior! Delegado, mostre que nessa cidade tem instituição que obedece a Lei, que tem homem de peito pra enfrentar uma quadrilha de aventureiros amadores que dixam rastro em todos os lugares. Além de tudo, não são profissionais no cambalacho que fazem...

    ResponderExcluir
  12. O QUE HÁ PARA TEMER NESSA QUADRILHA? UM PREFEITO MAU PROFESSOR, COM VOZ DE PATO, UMA FISCAL DE RENDAS LICENCIADA DE NITERÓI QUE PINTA O CABELO E PASSA BOTOX E TIRA ONDA DE "SECRETÁRIA", VEREADOR NEPOTISTA, VEREADOR EMPRESÁRIODONO DE QUIOSQUE BENEFICIADO COM ALVARÁ E EVENTOS NA PRAIA, E MILITANTES QUE ARRUMARAM UMA BOQUINHA. DÁ PRA METER MEDO EM ALGUÉM! DELEGADO, QUEM NÃO DEVE NÃO TEME! ESTAMOS DE OLHO!

    ResponderExcluir
  13. PARABÉNS AO DELEGADO JOSÉ WILLIAM DE MEDEIROS!

    ResponderExcluir
  14. ACHO QUE ATÉ FINS DE AGOSTO (MÊS AZIAGO) TEREMOS MUITAS NOVIDADES TRADUZIDAS POR PRISÕES DE VÁRIOS COMPONENTES DESSA QUADRILHA, INCLUSIVE, AQUELES QUE ESTÃO SENDO INVESTIGADOS POR OUTROS CRIMES MAIS GRAVES E QUE NÃO PODE SER DADA PUBLICIDADE, AINDA, FACE AS INVESTIGAÇÕES SUPERIORES...QUEM VIVER VERÁ E É COISA PESADA VINDA DE BRASÍLIA....KKKKKK

    ResponderExcluir
  15. Edna PInto de Araujo6 de julho de 2012 14:38

    A população de Maricá precisa acordar e não votar em NENHUM POLÍTICO CORRUPTO, isso sim!!!!!
    A Polícia sozinha não conseguirá limpar tanta sujeira, ela precisa do povo consciente e fiscalizador de seus atuais e futuros governantes. Parabéns ao Dr. William Medeiros, você iniciou os trabalhos, agora o Ministério Público e o Poder Judiciário tem que fazer as suas partes, também de forma isenta e exemplar como a Polícia Civil.

    ResponderExcluir
  16. Não serão apenas o prefeito e os vereadores de Maricá que correm o risco de serem presos, mas, a Presidenta Dilma, os senadores, os deputados federais e estaduais, os ministros, os governadores, prefeitos e inclusive você, que postou esta matéria... Pense nisso.
    Ninguém é infalível.

    ResponderExcluir
  17. Tem vereador nessa quadrilha que não quiz assumir nem a filha! Esconde da população e ainda paga pensão na justiça.....

    ResponderExcluir

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.