sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Flu bate Coxa no modo ‘com emoção’ e joga pressão sobre Galo

Wellington Nem fez 1 e deu o passe para o outro.

Fluminense 2 x 1 Coritiba

Com grande atuação no primeiro tempo, o Fluminense venceu o Coritiba e voltou a ter nove pontos de vantagem na liderança. “Apagão” na segunda etapa preocupou os torcedores que lotaram o Engenhão.

Logo no primeiro minuto, Thiago Neves cobrou falta na lateral direita da grande área e quando todos esperam um cruzamento, o meia soltou uma bomba, que explodiu no travessão. Aos 14, Deivid errou na saída de bola do Coritiba e deu um presente para Wellington Nem. O baixinho driblou Escudero e bateu rasteiro. A bola ainda tocou no goleiro e morreu no fundo das redes.

Aos 20, Deco deu belo passe para Jean, mas o goleiro Vanderlei saiu nos pés do meia e colocou para escanteio. Aos 28, Carlinhos cruzou para Fred, que desviou de cabeça e obrigou Vanderlei a fazer uma grande defesa. Até então dominado, o Coxa fez seu primeiro ataque de perigo aos 40 minutos, em finalização do zagueiro Luccas Claro, que parou em Cavalieri.

Na segunda etapa, o Flu voltou disposto a matar o jogo. Aos 2, Fred tabelou com Nem e bateu prensado com a zaga. A bola iria no canto, mas o goleiro Vanderlei colocou para escanteio. Aos 13, Jean fez uma linda jogada, enfileirando adversários e deu ótimo passe para Nem, que bateu de direita e a bola acertou a trave. Aos 25, Wellington Nem fez boa jogada pela direita e cruzou no segundo pau para Thiago Neves, livre, só completar de cabeça.

Após o gol, o Tricolor relaxou e passou a ser atacado sem sequer esboçar um contra-ataque. Aos 32, Lincoln quase marcou dentro da pequena área, após cabeçada de Luccas Claro. Um minuto depois, Deivid lançou Rafinha e o meia deu belo toque por cima de Cavalieri. A bola ia entrando até que Bruno deu uma bicicleta quase em cima da linha e afastou. O Flu era passivo e aos 34, Lincoln deu lindo drible em Digão e chutou forte para defesa de Cavalieri.

Aos 35 não teve jeito, Rafinha foi lançado pela direita e com total liberdade, cruzou para Deivid, que chutou em cima de Cavalieri. No rebote, Everton Ribeiro encheu o pé e diminui para os paranaenses. Aos 37, novo susto para os tricolores depois que Everton Ribeiro lançou Ruidiaz, que não aproveitou a grande chance e chutou para fora. Aos 38, Sóbis entrou no lugar de Thiago Neves e o Flu conseguiu prender a bola no ataque e esperar o fim do jogo.

Com a vitória, o tetra ficou mais próximo. Um tropeço do Galo diante do Flamengo e a situação do Fluminense ficará ainda mais confortável. O Tricolor volta a campo dia 4 de novembro, domingo, para enfrentar o São Paulo, no Morumbi, pela 34ª rodada.

FICHA TÉCNICA:
FLUMINENSE 2 X 1 CORITIBA
Local: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 25/10/2012 - 21h (de Brasília)
Árbitro: André Luís Castro (GO)
Auxiliares: Márcio Eustáquio Santiago (Fifa/MG) e Fabiano Ramires (ES)
Renda e público: R$ 613.805,00/29.994 pagantes e 33.975 presentes
Cartões amarelos: Deco (FLU); Deivid (COR)
Cartões vermelhos: Nenhum 
Gols: Wellington Nem, 15'/1ºT (1-0); Thiago Neves, 25'/2ºT (2-0); Éverton Ribeiro, 36'/2T (2-1)
FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Bruno, Gum, Digão e Carlinhos; Edinho, Jean, Deco (Wágner, 12'/2ºT, depois Diguinho, 26'/2ºT) e Thiago Neves (Rafael Sobis, 39'/2ºT); Wellington Nem e Fred. Técnico: Abel Braga.
CORITIBA: Vanderlei, Victor Ferraz (Ruidiaz, 31'/2ºT), Luccas Claro, Escudero e Denis Neves (Pereira, 31'/2ºT); Gil (Anderson Aquino, 42'/2ºT), Willian Farias, Everton Ribeiro, Lincoln e Rafinha; Deivid. Técnico: Marquinhos Santos

0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.