domingo, 28 de outubro de 2012

Fogão goleia lanterna em casa e Vasco sofre quinta derrota seguida

O craque marcou um gol
e era o destaque do time...

Botafogo 4 x 0 Atlético-GO

Fazendo provavelmente sua melhor partida no campeonato, o Botafogo goleou o lanterna Atlético-GO. A baixa ficou por conta de Seedorf, que saiu lesionado ainda no primeiro tempo.

O Fogão começou dominando e sem ser incomodado na defesa. Na primeira grande oportunidade, o Glorioso abriu o placar. Aos 20, Bruno Mendes recebeu dentro da área e tocou de calcanhar para Lodeiro, que ajeitou de primeira para Seedorf, que bateu no canto e correu para o abraço. Belo gol. A pressão continuou e Andrezinho furou em grande oportunidade dentro da área aos 34 minutos.

Aos 38 minutos, Seedorf deixou o campo em lágrimas por lesão muscular. No fim do primeiro tempo, ainda houve espaço para o segundo gol. Aos 48 minutos, Andrezinho cobrou falta pelo alto e Dória apareceu no primeiro poste para testar para o gol.

...até sofrer lesão
e deixar o campo chorando.
Apesar da vantagem, o Botafogo voltou com fome para a segunda etapa e logo aos 2 minutos, Gabriel arrancou livre pelo meio e chutou rasteiro, a bola desviou na zaga e morreu no canto direito de Márcio. Aos 14, Marcio Azevedo fez jogada pela esquerda e cruzou para trás. A bola ficou com Andrezinho, que bateu e a zaga do Dragão tirou em cima da linha. Só dava Botafogo e aos 31, Andrezinho cobrou falta próxima à área e Márcio se esticou todo para colocar para escanteio.

Aos 34, em jogada de toques rápidos, Lodeiro recebeu pelo meio e, de primeira, deu calcanhar para Bruno Mendes, que ajeitou e chutou forte no canto direito de Márcio para marcar o quarto gol do Fogão. Quinto gol do garoto nos últimos quatro jogos. Aos 41, aconteceu a única boa oportunidade do Dragão no jogo, em falta cobrada por Adriano, que Jefferson espalmou. Foi só.

Na próxima rodada, o Botafogo vai à Araraquara enfrentar o desesperado Palmeiras, que luta contra o rebaixamento. O jogo acontecerá no domingo.

FICHA TÉCNICA:
BOTAFOGO 4 X 0 ATLÉTICO-GO
Local: Engenhão, em Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 27/10/2012, às 18h30 (de Brasília)
Árbitro:  Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes:  Lorival Cândido das Flores (RN) e Paulo César Silva Faria (MT)
Renda e público: R$ 174.280,00 e 8.303 pagantes
Cartões Amarelos: Ricardo Bueno, Rafael Cruz, Mahatma Gandhi e Diego Giaretta (AGO)
Cartões Vermelhos: Diego Giaretta, 38'/2ºT (AGO)
GOLS: Seedorf, 21'/1ºT (1-0); Dória, 47'/1ºT (2-0); Gabriel, 2'/2ºT (3-0); Bruno Mendes, 34'/2ºT (4-0)
BOTAFOGO: Jefferson, Lucas, Antônio Carlos, Dória e Márcio Azevedo; Gabriel, Jadson, Andrezinho (Vitor Junior - 33'/2ºT), Lodeiro (Fellype Gabriel - 36'/2ºT) e Seedorf (Elkeson - 38'/2ºT); Bruno Mendes. Técnico: Oswaldo de Oliveira
ATLÉTICO-GO: Márcio, Rafael Cruz (Adriano Pimenta - 28'/1ºT), Diego Giaretta, Reniê e Eron (Ernandes - Intervalo); Pituca, Dodó, Mahatma Gandhi e Joílson; Ricardo Bueno e Diogo Campos (Felipe - Intervalo). Técnico: Artur Neto.


Corinthians 1 x 0 Vasco

Paolo Guerrero fez o gol do jogo.
Começando o jogo com Felipe no banco, o Vasco não jogou bem e foi derrotado pelo Corinthians por 1 a 0. Ficou barato pelas muitas chances do Timão ao longo da partida.

O jogo começou morno e a primeira boa chance só apareceu aos 28 minutos, em chute de Guerrero, que Prass espalmou. Precisando do resultado, o Vasco pouco ameaçava e só levou perigo em falta de muito longe cobrada por Fellipe Bastos. A bola explodiu no travessão do goleiro Cássio. Quatro minutos depois, Juninho lançou Carlos Alberto pelo meio, mas Cássio se antecipou e afastou o perigo. O Corinthians respondeu em lindo passe de Romarinho para Douglas, que na cara do gol, bateu à direita do gol, perdendo grande oportunidade.

O jogo melhorou na segunda etapa. Aos 2, Paulinho deu passe para Alessandro na direita. O lateral cruzou na cabeça de Martinez, que testou e viu Fernando Prass praticar grande defesa. Aos 13, após escanteio cobrado por Douglas, houve bate-rebate na área e a bola sobrou para Guerrero, que chutou forte para abrir o placar. Aos 17, o Campeão da Libertadores perdeu duas grandes oportunidades em um só lance. Em contra-ataque rápido, Martinez lançou Douglas,que driblou Prass, mas ficou sem ângulo para o chute. O meia então tocou para trás. Martinez ajeitou para Guerrero, que encobriu Prass e viu Douglas impedir seu segundo gol no jogo, tirando em cima da linha.

Aos 27, Douglas cobrou falta pela lateral e quando todos esperavam uma bola cruzada para o meio da área, o meia bateu direto no ângulo e Fernando Prass teve de se esforçar para colocar para escanteio. O Vasco não mostrou reação e a vitória ficou mesmo com o Corinthians. Com a derrota, o time de São Januário ficou distante da vaga na Libertadores. O São Paulo venceu o Sport e agora tem oito pontos de vantagem para o time carioca.

O Gigante da Colina volta a campo no domingo, quando recebe o Sport, em São Januário.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 1 X 0 VASCO
Local: Pacaembu, São Paulo (SP)
Data/hora: 27/10/2012, às 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS-Fifa)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (GO) e Janette Mara Arcanjo (MG)
Renda e público: R$ 763.727,44/ 24.376 pagantes
Cartões amarelos:
 Chicão e Guerrero (COR) e Carlos Alberto (VAS)
Cartões vermelhos: -
GOLS: Guerrero - 12'/2º T (1-0).
CORINTHIANS: Cássio, Alessandro, Chicão, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Douglas (Guilherme Andrade - 43’/2º T), Romarinho (Jorge Henrique - 25'/2º T) e Martínez (Edenilson - 32'/2º T); Guerrero. Técnico: Tite.
VASCO: Fernando Prass, Jonas, Douglas, Renato Silva e Wendel; Nilton, Fellipe Bastos (Thiago Feltri - 20’/2º T), Juninho e Marlone (John Cley - 25’/2º T); Eder Luis (Maicon Assis - 14’/2º T) e Carlos Alberto. Técnico: Marcelo Oliveira.

0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.