quarta-feira, 24 de outubro de 2012

MPE interpõe recurso especial e Quaquá ainda pode ser impugnado

Ontem (23), o MPE (Ministério Público Eleitoral), através da Procuradoria Regional Eleitoral, interpôs recurso especial à presidência do TRE-RJ contra o recurso que reformou a sentença da Juíza da 55ª Zona Eleitoral, Juliane Mosso Beyruth de Freitas Guimarães, que sentenciou à condenação o prefeito de Maricá, Washington Quaquá, por crime de improbidade administrativa e abuso de poder político, tornando-o inelegível pelo período de oito anos.

A inelegibilidade de Quaquá teve como base uma ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) ajuizada pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ). Na ação, a Promotoria Eleitoral de Maricá alegou que o prefeito, ao distribuir aproximadamente 14 mil notebooks aos alunos da rede municipal de ensino, em 2011, buscou, “em evidente desvio de finalidade”, beneficiar-se eleitoralmente no pleito deste ano, em que foi candidato à reeleição.

Quaquá ainda deve responder por mais quatro ações civis públicas impetradas pelo MPE por suspeitas de irregularidades na aplicação de recursos públicos. Todas as ações, por ato de improbidade administrativa, foram ajuizadas no final do primeiro semestre deste ano. Nelas, o MP pede o afastamento do prefeito do cargo, bem como a suspensão dos direitos políticos e o ressarcimento aos cofres públicos dos recursos supostamente desviados.

Outros processos contra o prefeito estão sendo encaminhados ao TRE. Segundo informações, os agentes do TRE estão tendo dificuldades para localizar o prefeito. Supõe-se que ele esteja tentando esquivar-se a fim de que os agentes e oficiais do TRE não consigam notificá-lo. Mais detalhes nas próximas edições.


5 comentários:

Anônimo disse...

É só colocar a policia Federal no calcanhar desse "P" há se nã pegam ....

Anônimo disse...

É só colocar a Polícia Federal no encalcio do meliante que acha rapidinho.

Cesar Augusto disse...

Com certeza o Quaquá se fará de morte até a posse.

Cabe agora a o que sobrou da pouca oposição se reorganizar junto a algumas organizações sociais e realizar um grande PROTESTO EM FRENTE AO FÓRUM DE MARICÁ. Visando cobrar o imediato JULGAMENTO dos Processos que se arrastam a mais de um ano e só fazem dar sobrevida ao Quaquá, fato este que facilitou o provável USO e ABUSO do Poder Economico e da Máquina Administrativa Municipal.

Houve intervenção hoje na Prefeitura de São Gonçalo.
Tem que haver também uma IMEDIATA intervenção Policial na Prefeitura de Maricá.

Cláudia disse...

Que seguindo o exemplo do que vem demonstrando a maioria os ministros do STF, seja feita a devida justiça e resgatados os valores morais, que os munícipes maricaenses não foram capazes de defender. Vergonhoso o resultado dessas eleições!!!

Anônimo disse...

Esperar justiça com políticos aqui no RJ... tsc tsc. Acordem, precisa de algo mais escandaloso do que o caso da delta no RJ, com secretário e governador comemorando em Paris? E o povo ainda reconduziu uma boa parte da tchurma aos seus cargos. Só peço aos "iluminados" que não roubem os buracos das ruas de Itaipuaçu, são as únicas coisas que sei que não mudarão. O povo de Maricá não aprende nunca.

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.