segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Botafogo é derrotado, dá adeus ao sonho da Libertadores e cariocas não têm mais objetivos no Brasileirão

Sport venceu e acabou com
a esperança botafoguense.

Sport 2 x 0 Botafogo

O Fogão entrou em campo ainda sonhando com a vaga na Libertadores, mas foi derrotado e é mais um clube a não disputar nada nas duas últimas rodadas do Brasileirão.

Com o estádio cheio e precisando muito da vitória, o time pernambucano foi para cima desde o início do jogo. Aos 14, Cicinho achou Hugo na área, mas o cabeceio do meia foi desviado pela zaga botafoguense e saiu à direita do gol. Na cobrança ensaiada de escanteio, Reinaldo cruzou e Alison desviou de cabeça, obrigando Jefferson a praticar uma linda defesa. A bola aérea do Sport era perigosa e aos 18, foi a vez de Tobi testar para fora.

O jogo deu uma esfriada, mas aos 42 minutos, ocorreu a melhor chance da partida até então. Cicinho cruzou da direita, a zaga do Botafogo afastou mal e a bola ficou com Hugo na linha da pequena área, mas o meia chutou para fora, desesperando a torcida.

O Alvinegro, dominado no primeiro tempo, voltou mais ousado na segunda etapa. Com 1 minuto, Seedorf deu lindo cruzamento para Lucas, que ajeitou de cabeça para Bruno Mendes, mas o atacante chegou atrasado e não conseguiu completar para o gol. Aos 6, Reinaldo cobrou falta com precisão e Jefferson voou para espalmar. Aos 12, em contra-ataque rápido, Felipe Azevedo achou Henrique, que cara a cara com Jefferson, não foi egoísta e tocou para Gilberto empurrar para o gol vazio.

Após o gol, o Botafogo foi para a pressão sobre o Sport. Aos 31, Lucas cruzou da direita, Bruno Mendes se antecipou e desviou a bola de cabeça, obrigando Saulo a fazer uma defesa incrível. Aos 37, Seedorf invadiu a área pela esquerda e rolou para trás, Elkeson ameaçou chutar e cortou o marcador, que o derrubou com um carrinho dentro da área e cometeu pênalti claro, ignorado pelo árbitro da partida. Aos 44, Felipe Menezes, ex-Botafogo, fez grande jogada pela esquerda e deu belo passe para Henrique, que só tocou na saída de Jefferson e deu alívio aos pernambucanos, que ainda sonham com a permanência na primeira divisão.

FICHA TÉCNICA
SPORT 2 X 0 BOTAFOGO
Local: Ilha do Retiro, Recife (PE)
Data-hora: 18/11/2012, às 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Roberto Braatz (PR) e Fabiano da Silva Ramires (ES)
Cartões amarelos:
 Cicinho (SPT)
Cartões vermelhos: Não houve

Gols: Gilberto 13'/2ºT (1-0), Henrique 44'/2ºT (2-0)

SPORT: Saulo, Cicinho, Aílson, Diego Ivo e Reinaldo; Tobi, Moacir, Hugo e Gilsinho (Henrique, 9'/2ºT); Gilberto (Willians, 26'/2ºT) e Felipe Azevedo (Felipe Menezes, 35'/2ºT). Técnico: Sérgio Guedes

BOTAFOGO: Jefferson, Lucas, Antônio Carlos, Dória e Márcio Azevedo (Elkeson, 33'/2ºT); Gabriel, Renato (Fellype Gabriel, 20'/2ºT), Andrezinho, Seedorf e Lodeiro (Vitor Júnior, 39'/2ºT); Bruno Mendes. Técnico: Oswaldo de Oliveira


Love jogou a pá de cal sobre o Palmeiras.
Flamengo 1 x 1 Palmeiras

Já de férias, o Flamengo recebeu o desesperado Palmeiras em Volta Redonda e perdia por 1 a 0 até os 43 minutos do segundo tempo, quando Vagner Love empatou.

Desligado no jogo, o Flamengo não oferecia riscos no ataque, mas se defendia bem. Aos 5, Maikon Leite cruzou da direita e Barcos testou para o gol, mas a bola bateu no braço de Renato Santos e a zaga afastou o perigo. Aos 17, Tiago Real driblou Ibson e arriscou de fora da área. A bola passou bem perto da trave direita de Paulo Victor. Aos 32, Amaral arrancou pelo meio e soltou uma bomba de longe, que passou muito perto da meta palmeirense. Aos 45, Hernane achou Love, livre, dentro da área, mas o atacante finalizou muito mal e perdeu a chance.

Precisando do resultado, o Palmeiras voltou com tudo para a segunda etapa e aos 8 minutos, Vinícius entrou no lugar de Tiago Real e incendiou a partida. Aos 17, ele arrancou pela esquerda, trouxe para o meio e chutou forte, a bola foi no meio do gol, mas o goleiro Paulo Victor aceitou e o time paulista saiu na frente.

Após o gol, o jogo ficou amarrado, até Maikon Leite ser lançado em contra-ataque e sozinho, chutar para fora. O atacante foi muito atrapalhado pelas péssimas condições do gramado. Pelo Flamengo, Paulo Sérgio não aproveitou a oportunidade e foi expulso após acertar uma cotovelada no zagueiro Roman. Aos 43, Vagner Love foi lançado na área, finalizou de esquerda e a bola, que ia para os braços de Bruno, desviou no carrinho de Roman e encobriu o goleiro palmeirense. O atacante, que foi o grande responsável pela volta do Palmeiras à primeira divisão em 2003, fez o gol que decretou o rebaixamento do time alviverde.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 1X1 PALMEIRAS
Local: Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Data/ hora: 18/11/2012, às 17h
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Assistentes: Thiago Gomes Brigido (CE) e Marcelo Bertanha Barison (RS)
Gols: Vinícius, 17'/2ºT (0-1) e Vagner Love, 43'/2T (1-1)
Público e Renda: 7.333 pagantes / R$ 103.165,00
Cartões Amarelos: Márcio Araújo, Correa, Barcos e Román (Palmeiras) - Amaral (Flamengo)
Cartões Vermelhos: Paulo Sérgio, 38'/2ºT
FLAMENGO: Paulo Victor; Wellington Silva, Renato Santos, González e Ramon; Amaral, Renato, Ibson (Matheus, 24'/2ºT) e Cleber Santana (Welligton Bruno, intervalo); Hernane (Paulo Sérgio, 24'/2ºT) e Vagner Love - Técnico: Dorival Júnior.
PALMEIRAS: Bruno; Artur (Obina, 45'/2ºT), Maurício Ramos, Román, Juninho, Márcio Araújo, Correa, Mazinho (Bruno Dybal, 41'/2ºT) e Tiago Real (Vinícius, 8'/2ºT); Maikon Leite e Barcos. Técnico: Gilson Kleina


O garoto Romário fez seu
primeiro gol com a camisa do Vasco.
Coritiba 1 x 2 Vasco

Recheado de garotos, o Vasco venceu o Coritiba fora de casa e não tem mais como terminar o torneio atrás do rival Flamengo. O time encerrou uma sequencia de sete jogos sem vitória.

No primeiro tempo, o Coxa abriu o placar logo aos 9 minutos, com golaço de Lincoln. Rafinha cobrou escanteio, a bola ia passando por todos os jogadores na área, quando Lincoln matou de perna direita e sem deixar a bola cair, chutou forte no ângulo. Pinutra. Aos 22, Wendel cruzou da esquerda e o garoto Romário empatou o jogo de cabeça.

Na segunda etapa, o Vasco virou com gol de Nilton, após cobrança de escanteio. Sem poder ser ultrapassado pelo Flamengo, o Vasco está mais de férias do que nunca.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA 1x2 VASCO

Local: Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data/hora: 17/11/2012, às 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Paulo Cesar Oliveira (Fifa/SP)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Carlos A. Nogueira Junior (SP)
Público/Renda: 8.818 pagantes/R$142.762
Cartões amarelos: Fabrício, Wendel, Jonas (Vasco); Escudero (Coritiba)
Cartões vermelhos: Não houve
Gols: Lincoln, 8'/1ºT (1-0); Romário, 22'/1ºT (1-1); Nilton, 12'/2ºT (1-2)

CORITIBA:  Vanderlei, Victor Ferraz, Luccas Claro, Escudero e Dênis Neves (Henrique, 16'/2ºT); Willian(Marcel, 34'/2ºT), Gil, Rafinha, Vinicius (Emerson Santos, 20' 2ºT) e Lincoln ; Deivid. Técnico: Marquinhos Santos.

VASCO: Fernando Prass; Jonas, Renato Silva, Fabrício e Thiago Feltri; Nilton, Fellipe Bastos, Wendel (Abuda, 26'/2ºT) Marlone e Jhon Cley (Max, 41'/2ºT); Romário (Maicon Assis, 21'/2ºT). Técnico: Gaúcho.


A foto que ficará eternizada nas Laranjeiras.
Fluminense 0 x 2 Cruzeiro

De férias, o time tricolor foi para uma festa e não para um jogo de futebol e viu o Cruzeiro vencer a partida, mas isso pouco importou para os torcedores e jogadores.

Aos 21 minutos do primeiro tempo, Gum agarrou Anselmo Ramon na área e o árbitro marcou pênalti, que Montillo cobrou para abrir o placar. Dessa vez não deu para o melhor goleiro do campeonato.

No início do segundo tempo, Élber fez grande jogada, driblando dois adversários e ampliando o placar em chute cruzado. O Flu ainda tentou reagir, mas o que importava mesmo era a festa do título, com direita a volta olímpica e grande comemoração da torcida tricolor, que parabenizou o elenco pela bela campanha.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 0X2 CRUZEIRO
Local: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)
Data/Hora: 18/11/2012 – 17h (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Rogério Pablos Zanardo (SP)
Público/Renda:  28.438 pagantes - 35.167 presentes / R$ 862.110,00
Cartões amarelos: Gum, Bruno e Carleto (Fluminense); Charles, Rafael, Thiago Carvalho e Anselmo Ramon (Cruzeiro)
Cartões vermelhos:
GOLS: Montillo, 23'/1º T (0-1); Elber, 1'/2ºT (0-2)
Fluminense: Diego Cavalieri; Bruno (Wallace, intervalo), Gum (Digão, 35'/2ºT), Leandro Euzébio e Carleto (Samuel, 26'/2ºT); Edinho, Jean, Deco e Thiago Neves; Rafael Sobis e Fred - Técnico: Abel Braga
Cruzeiro: Rafael; Ceará, Leandro Guerreiro, Thiago Carvalho e Everton; Marcelo Oliveira, Tinga, Charles (Willian Magrão, 29'/2ºT) e Montillo (Alisson, 29'/2ºT); Elber e Anselmo Ramon. Técnico: Celso Roth


Tabela de Classificação:


0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.