Cemitério de Maricá está abandonado e administrador é preso

Na última hora desta sexta-feira (22) a TV Band divulgou imagens de uma reportagem em que mostra um horrendo cenário de abandono no interior do cemitério municipal de Maricá, região metropolitana do Rio de Janeiro, onde dezenas de sepulturas estão quebradas, ossadas jogadas em sacos plásticos, lixo acumulado e poças de esgoto a céu aberto.

O administrador Valmir Marins sendo
levado pelo delegado, preso.
Após a denúncia dessas imagens, policiais da delegacia de Proteção ao Meio Ambiente fizeram uma operação e, após constatarem as irregularidades, prenderam o administrador do cemitério por crime ambiental, porém o mesmo foi solto depois de pagar fiança.

Caixões abandonados junto com
o lixo acumulado
Durante a operação, os policiais pediram para que os funcionários abrissem as cisternas e lá encontraram muitos ossos armazenados. Num outro ponto, os agentes encontraram caixões quebrados e uma grande quantidade de lixo acumulado junto com um esgoto a céu aberto. Apesar da destruição, o cemitério estava funcionando normalmente.

Caixões espalhados ao lado de
um esgoto a céu aberto
Segundo a reportagem, a prefeitura de Maricá admitiu que não possui licença ambiental.

O delegado prometeu intimar os representantes da administração municipal a prestar esclarecimentos.

Confira no vídeo abaixo a íntegra da reportagem:




Previous
Next Post »

4 comentários

Click here for comentários

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião. ConversionConversion EmoticonEmoticon

Thanks for your comment