segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Com empates e vitórias, quatro grandes se classificam para as semifinais da Taça GB.

Lucas marcou um e
deu assistência para o outro.

Botafogo 2 x 2 Boavista

O Fogão precisava vencer para ser o 1º colocado do grupo A, mas a defesa falhou e o time saiu apenas com o empate diante do Boavista.

Com o contestado Rafael Marques de titular, o Botafogo começou mal o jogo e após cobrança de escanteio do Boavista, a zaga deixou Gilcimar livre para testar e abrir o placar. Detalhe: o jogador do time de Saquarema estava dentro da pequena área e sequer precisou pular para fazer o cabeceio. Dois minutos depois, Tony apareceu pela direita e cruzou rasteiro para Gilcimar, mais uma vez livre, empurrar para o gol.

Após mais uma chegada perigosa do Boavista, o Alvinegro de General Severiano decidiu acordar. Aos 30, Lucas acertou belo chute de fora da área e diminuiu. Quatro minutos depois, Rafael Marques ajeitou para Lucas, que foi ao fundo e cruzou rasteiro para Lodeiro bater forte e estufar as redes. Antes do intervalo, Jefferson ainda salvou o Botafogo em uma oportunidade.

No segundo tempo, o Boavista teve uma boa chance em cabeçada de Douglas Pedroso, que acertou o travessão. Pelo Botafogo, Bruno Mendes, que entrou no lugar de Rafael Marques, teve duas ótimas oportunidades de marcar no fim, mas desperdiçou ambas, para desespero da torcida, que teve ver Rafael Marques ocupando a vaga de titular no ataque contra o Flamengo nas semifinais da Taça Guanabara.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 2 X 2 BOAVISTA
Estádio: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 23/02/2013 - 16h (de Brasília)
Árbitro: Luiz Antônio Silva dos Santos
Auxiliares: Luiz Claudio Regazone e Marcos Sivolella do Nascimento
Público/Renda: 3.216/R$ 83.580
Cartões amarelos: Jorge Felipe, Leandro Chaves, Vinícius (BOA), Gabriel, Vitinho (BOT)
Gols: Gilcimar 11'/1ºT (0-1), Gilcimar 13'/1ºT (0-2); Lucas, 30'/1ºT(1-2), Lodeiro, 34'/1ºT (2-2)
BOTAFOGO: Jefferson, Lucas, Bolívar, Antônio Carlos (Dória, 16'/1ºT) e Márcio Azevedo; Gabriel, Fellype Gabriel (Vitinho, 33'/2ºT), Lodeiro, Seedorf e Andrezinho; Rafael Marques (Bruno Mendes, 26'/2ºT). Técnico: Oswaldo de Oliveira.
BOAVISTA: Vinicius, Leonardo, Gustavo, Jorge Felipe e Carlos Alberto (Julio Cesar, 23'/2ºT); Douglas Pedroso (Túlio Souza, 43'/2ºT), Thiaguinho, Tony e Leandro Chaves (Max, 37'/2ºT); Erick Flores e Gilcimar. Técnico: Lucho Nizzo.


Samuel foi o destaque.
Fluminense 2 x 2 Madureira

Em Moça Bonita, o Fluminense empatou com o Madureira e se beneficiou do empate do Boavista com o Botafogo para conquistar a classificação para as semifinais da Taça GB.

Com um time quase inteiro reserva, o Flu começou pressionando, e aos 14 minutos, Ricardo Berna repôs bola em velocidade para Rhayner, que ganhou da zaga na velocidade e cruzou rasteiro para Samuel, totalmente à vontade, empurrar para o gol. Após o gol, como de costume, o Tricolor das Laranjeiras relaxou e passou a ser pressionado pelo Madureira. Aos 43, Digão puxou Derley na área. Pênalti, que Rodrigo cobrou para empatar o jogo. Em seguida, Thiago Neves foi derrubado pelo goleiro Márcio dentro da área. Na cobrança da penalidade, o mesmo Thiago Neves cobrou no canto direito do goleiro, que fez a defesa.

Na volta do intervalo, o Flu passou a pressionar o Madureira, mas somente aos 22 minutos, a pressão deu resultado. Monzón cruzou da esquerda, Thiago Neves desviou de cabeça e Samuel tocou na saída do goleiro para colocar o Tricolor em vantagem. Aos 38, após cobrança de escanteio, Rodrigo testou n meio da zaga do Fluminense e empatou o jogo. Foi só.

O Fluzão terá o Vasco pela frente nas semifinais da Taça GB.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 2 X 2 MADUREIRA

Local: Moça Bonita, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 24/02/2013 - 16h (de Brasília)
Árbitro: Péricles Bassols (RJ)
Auxiliares: Luiz Antônio Muniz de Oliveira e Michael Correia
Renda e público: R$21.140,00 / 1.426 pagantes / 2.073 presentes
Cartões amarelos: Márcio e Gabriel (MAD);  Wágner e Monzón (FLU)
Cartões  vermelhos: nenhum
Gols: Samuel 14'/1ºT (0-1) e Rodrigo 43'/1ºT (1-1), Samuel 22'/2ºT (2-1) e Rodrigo 38'/2ºT (2-2)

FLUMINENSE: Ricardo Berna; Wellington Silva, Gum, Digão e Monzón; Diguinho, Edinho, Wágner (Felipe 19' 2ºT) e Thiago Neves (Marcos Júnior 37' 2º T); Rhayner e Samuel  - Técnico: Abel Braga.

MADUREIRA: Márcio; Diego Renan, Leozão, Zé Carlos e Gabriel (Carlinhos 26' 2ºT); Gilson, Renan, Ramon e Rodrigo; Jairo (Obina 28' 2ºT) e Derley - Técnico: Alexandre Gama


Renato voltou com tudo e
marcou dois gols.
Olaria 0 x 2 Flamengo

Em Volta Redonda, o Flamengo contou com boa atuação de Renato, autor dos dois gols, para vencer o Olaria.

O time rubro-negro começou melhor e aos 21, Carlos Eduardo cobrou falta pelo alto, Renato desviou de cabeça e abriu o placar. Três minutos depois, Renato cobrou falta de longe e acertou o ângulo do goleiro Rafael Moreno e ampliou o marcador. O experiente meia flamenguista jogou com a camisa 11, que vinha sendo do garoto Rafinha, que por sua vez, jogou com a 8.

Após os gols, o Flamengo relaxou e o Olaria passou a ter os melhores momentos. No segundo tempo, o panorama se repetiu. Daur, chegou a acertar o travessão de Felipe, mas o placar ficou mesmo no 2 a 0. Gabriel entrou no segundo tempo, fazendo sua estreia, mas foi discreto.

O Mengão encara o Botafogo nas semi da Taça GB.

FICHA TÉCNICA
OLARIA 0 X 2 FLAMENGO
Estádio: Raulino de Oliveira, Volta Redonda (RJ)
Data/hora: 23/02/2013 - 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Philip Georg Bennet (RJ)
Auxiliares: Wagner de Almeida Santos (RJ) e Jackson Lourenço Massarra dos Santos (RJ)
Renda e público: R$ 60.840,00 / 4.712 pagantes
Cartões Amarelos: Rafael, Leandrão, Waldir, Assis (OLA), Alex Silva, Cáceres, Renato (FLA)
Cartões vermelhos: nenhum
GOLS: Renato, 21'/1ºT (0-1); Renato, 24'/1ºT (0-2)
OLARIA: Rafael Moreno, Lucas, Rafael, Cleberson, Calisto e Assis, Lenine (Emilio - 27'/2ºT), Vitor e Léo Rocha (Leandrão - Intervalo); Leozinho (Daur - 21'/2ºT) e Waldir. Técnico: Luiz Antônio
FLAMENGO: Felipe, Léo Moura, Wallace, González (Alex Silva - Intervalo) e João Paulo; Cáceres, Ibson e Renato; Carlos Eduardo (Gabriel - 16'/2ºT), Rafinha e Hernane (Igor Sartori - 27'/2ºT). Técnico: Dorival Junior


Bernardo fez dois e garantiu
a vitória vascaína.
Duque de Caxias 1 x 2 Vasco

Com o melhor público da rodada entre os grandes, o Vasco venceu de virada o Duque de Caxias fora de casa por 2 a 1. Bernardo foi o destaque.

Jogando mal, o Vasco não conseguiu criar nada no início da partida. O Duque se aproveitou e abriu o placar aos 18. Charles Chad recebeu cruzamento rasteiro da esquerda, se antecipou à zaga e ao goleiro Alessandro, para tocar sutilmente na bola e abrir o placar. O Vasco seguia sem criatividade e a melhor chance foi em falta cobrada por Bernardo.

Na segunda etapa, o time da Colina foi ainda mais pra cima dos donos da casa. Aos 18, Bernardo acertou a trave em cobrança de falta. Cinco minutos depois, Charles Chada recebeu cruzamento rasteiro, mas chutou para fora e desperdiçou grande chance de ampliar. O jogo esquentou. Aos 24, Dakson acertou a trave em chute rasteiro.

Aos 28, Carlos Alberto passou por dois e chutou para boa defesa do goleiro Fernando. Na sequencia da jogada, Dakson bateu forte, a bola desviou na cabeça de Bernardo e entrou. Seis minutos depois, Carlos Alberto recebeu cruzamento pelo alto e testou no travessão. Com o goleiro caído, Bernardo aproveitou o rebote e virou o jogo. Nos minutos finais, o Vasco tocou a bola e esperou o apito final.

Na semifinal da Taça GB, o Gigante da Colina terá pela frente o Fluminense.

FICHA TÉCNICA
DUQUE DE CAXIAS 1 X 2 VASCO
Estádio: Moarcizão(RJ)
Data/hora: 24/02/2013 - 16h (de Brasília)
Árbitro: André Rodrigo Rocha
Auxiliares: Diogo Carvalho Silva e André Roberto Smith Silveira
Renda e público:R$ 74.250/5.585 presentes
Cartões Amarelos: Nei, Bernardo (Vasco) Iago e Renan Silva e Paulão (Duque de Caxias)
Cartões vermelhos: nenhum
GOLS: Charles Chad (18'/1ºT); Bernardo (28'/2ºT) e Bernardo (33'/2ºT)
DUQUE DE CAXIAS: Fernando; Silva, Iago, Paulão, Lucas, Antônio Carlos, Renan Silva, Digão, Charles Chad (Rafinaha 35 2ºT), Augusto e André Gomes. Técnico: Mário Junior.
VASCO: Alessandro; Nei (Elsinho 30 2ºT ), Déde, Renato Silva e Dieyson (Dakson 18 2ºT); Abuda, Wendel, Pedro Ken (Fellipe Bastos 37 2ºT), Carlos Alberto; Bernardo e Eder Luiz. Técnico: Gaúcho.


0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.