terça-feira, 12 de março de 2013

Análise da Luta – Georges St-Pierre x Nick Diaz – UFC 158


No próximo sábado acontecerá o UFC 158 em Montreal, Quebec, Canadá, e na luta principal rolará um combate esperado há muito pelos fãs de todo mundo. GSP colocará em jogo o título dos meio-médios contra Nick Diaz. Os dois não se gostam e prometem uma luta quente. O confronto é de certa forma uma surpresa, já que Diaz vem de derrota para Carlos Condit, e na luta em questão foi pego no doping por uso de maconha.

O campeão não quis saber de nada disso e pediu a Dana White que fizesse acontecer o encontro com Diaz. Seu desejo foi atendido e na noite do dia 16 de março poderemos saber até onde vai essa rivalidade.




Trocação:

GSP é rápido, se movimenta constantemente, abusa das combinações, principalmente a do Superman Punch com o low kick em seguida. Se defende bem, mas se há uma área que pode ser considerada seu ponto fraco, é a trocação. Principalmente diante de um adversário como Diaz.

O nocaute de Diaz sobre Daley,
especialista em trocação.
Nick Diaz é um autêntico brigador de rua. Tem bom boxe, sabe onde e como bater. Não faz muita questão de esquivar ou defender os golpes de seus oponentes, pois confia em sua resistência. Passou por inúmeras batalhas em pé com grandes adversários, e na maioria das vezes, teve sucesso.


Quedas:

GSP quedou Koscheck, provando
ser o melhor wrestler da categoria.
GSP: Provavelmente é o melhor wrestler dos meio-médios. Sempre escolhe onde a luta se desenrolará, e diante de Nick, não é difícil saber que tentará levar a luta para o solo e menos complicado é saber que conseguirá isso por quantas vezes forem necessárias.

ND: Sua grande deficiência, assim como de seu irmão, Nate. É difícil para qualquer lutador do mundo trocar ou fazer chão com os irmãos Diaz, mas ao levá-los ao solo e cozinhar a luta é o lugar mais seguro para se sair com uma vitória. Nick praticamente não defende quedas, tentando sempre uma finalização, principalmente a Kimura.


Chão:
O domínio sobre Condit no solo.

GSP: Forte, atlético e com um bom conhecimento de jiu-jitsu, o campeão não sabe o que é finalizar há quase 6 anos, quando submeteu Matt Hughes em uma chave de braço, porém de lá pra cá controlou como quis adversários perigosos como Jon Fitch, BJ Penn e Jake Shields.

ND: Faixa-preta de César Gracie, Nick tem um jiu-jitsu finalizador. Chaves de braço e kimuras são suas especialidades. Já finalizou nomes como Josh Neer, Hayato Sakurai e Evangelista Cyborg, mas é improvável que consiga fazer com que GSP tenha o mesmo destino dos nomes citados.

Caminho para a vitória:

Diaz e Penn protagonizaram uma
briga de rua no UFC 137. Diaz venceu.
GSP: Quedar, quedar e quedar quantas vezes forem necessárias. Ele tem gás para isso e é pouco provável que Diaz consiga levantar-se ou mesmo segurar o ímpeto do canadense no ground and Pound. Portanto, o caminho é simples. Dan Hardy, BJ Penn e Thiago Pitbull o conhecem muito bem.

ND: Desestabilizar o sempre tranquilo e estrategista campeão e fazer com que a luta vire uma briga de rua. Se St-Pierre resolver trocar com Diaz por alguns rounds, as chances do desafiante crescem muito.


Outras grandes lutas pela categoria dos meio-médios farão parte do card. A principal delas será entre o ex-desafiante ao cinturão, Carlos Condit contra o possível próximo postulante ao título, Johny Hendricks. Caso Hendricks vença o combate, será inevitável que sua próxima luta seja pela cinta. Confira todas as lutas:

Card Principal:
Georges St-Pierre vs. Nick Diaz;
Carlos Condit vs. Johny Hendricks;
Jake Ellenberger vs. Nate Marquardt;
Chris Camozzi vs. Nick Ring;
Mike Ricci vs. Colin Fletcher.

Card Preliminar:
Patrick Cote vs. Bobby Voelker;
Antonio Carvalho vs. Darren Elkins;
Jordan Mein vs. Dan Miller;
Daron Cruickshank vs. John Makdessi;
Rick Story vs. Quinn Mulhern;
TJ Dillashaw vs. Issei Tamura;
George Roop vs. Reuben Duran.

0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.