segunda-feira, 11 de março de 2013

Fogão vence o Vasco com gol no fim e conquista a Taça Guanabara.

Jefferson levanta a Taça Guanabara.

Com a vantagem do empate, o Vasco entrou em campo disposto a explorar os contra-ataques. O Botafogo jogava basicamente em seu campo de ataque e abria espaços. Aos 9, Nei achou Éder Luis dentro da área. O atacante conseguiu espaço e cruzou para Carlos Alberto que fechava no segundo pau, mas desperdiçou uma chance única ao bater para fora.

O time de General Severiano seguiu dominando a partida, mas esbarrava na boa atuação da defesa vascaína. As melhores oportunidades do Fogão foram em cobranças de falta: duas com Lodeiro e duas com Seedorf, porém todas pararam nas mãos do goleiro Alessandro.

Na segunda etapa, o Botafogo veio disposto a marcar um gol e a pressão era total. Tanto que o volante Marcelo Mattos deu lugar ao meia Vitinho. O Vasco seguia com a mesma tática do primeiro tempo, mas tinha nas atuações pouco inspiradas de Bernardo e Carlos Alberto, um grande empecilho para chegar ao gol.


Lucas comemora o gol do título.
O Fogão pressionava, mas sem criar chances claras de gol. Aos 26, o Vasco encaixou um bom contra-ataque, mas Carlos Alberto prendeu demais a bola e desperdiçou o lance, deixando Bernardo furioso. Os dois tiveram uma acalorada discussão e foram separados por Nei, antes que chegassem às vias de fato. O time de São Januário cresceu. Aos 30, Éder Luis cruzou e Carlos Alberto acertou um belo voleio, que foi parado por uma grande defesa de Jefferson.

Aos 35, Seedorf fez jogada pela esquerda, passou de calcanhar para Júlio César, que cruzou e viu a bola parar em Bolívar, livre. O zagueiro poderia tentar a finalização, mas preferiu rolar a bola para Lucas, que bateu colocado no cantinho para fazer explodir a torcida botafoguense. Aos 38, Fellipe Bastos cobrou falta, Jefferson espalmou para o meio da área e Renato Silva completou para o gol. O lance foi invalidado pelo bandeirinha que assinalou impedimento do zagueiro vascaíno.

O Vasco não conseguiu ameaçar a conquista botafoguense nos minutos finais e a festa começou após o apito final. Botafogo, Campeão da Taça Guanabara.

FICHA TÉCNICA
VASCO 0 X 1 BOTAFOGO
Estádio: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 10/03/2013 - 16h (de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Auxiliares: Luiz Antonio Muniz de Oliveira (RJ) e Michael Correia (RJ)
Renda/público: R$ 1.617.180,00 / 32.770 pagantes
Cartões amarelos: Wendel, Eder Luis, Thiago Feltri, Abuda, Carlos Alberto (VAS) e Marcelo Mattos, Seedorf, Jefferson (BOT)
GOL: Lucas 35'/2ºT (0-1)
VASCO: Alessandro, Nei, Dedé, Renato Silva e Thiago Feltri (Fellipe Bastos 28'/2ºT); Abuda, Wendel (Dakson 38'/2ºT), Pedro Ken e Carlos Alberto; Bernardo (Romário 38'/2ºT) e Eder Luis. Técnico: Gaúcho.
BOTAFOGO: Jefferson, Lucas, Dória, Bolívar e Julio Cesar; Marcelo Mattos (Vitinho intervalo), Gabriel, Fellype Gabriel, Seedorf e Lodeiro (André Bahia 45'/2ºT); Rafael Marques (Bruno Mendes 21'/2ºT). Técnico: Oswaldo de Oliveira.


0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.