sexta-feira, 1 de março de 2013

Médico faz denúncia grave e diz que vereador é quem manda no hospital de Maricá

No início desse mês, nossa redação recebeu uma ligação de um médico revoltado com a demissão de seus colegas do hospital Conde Modesto Leal no dia 26 de fevereiro e, pedindo anonimato, fez uma série de graves denúncias sobre a realidade dos fatos que acontecem há meses naquela unidade. De acordo com suas declarações, o vereador Chiquinho foi quem demitiu todos os médicos através de um funcionário da cooperativa Caaptar, chamado Sandro, que ocupa uma salinha na parte externa do hospital.

Segundo informações, tudo aconteceu na terça-feira (26/2). Naquele dia, após ficarem sabendo sobre a demissão dos três médicos sem nenhum motivo, todos os médicos do plantão pediram demissão em solidariedade aos colegas e o hospital ficou com o seu atendimento paralisado das 13 às 23 horas.

Por volta das  22h,  houve uma reunião no quarto dos médicos, na qual, supostamente, participaram a secretária de Saúde, Dra. Janete Valadão, o diretor do hospital, Wilson Alvarenga, e o próprio vereador Chiquinho, além dos médicos demitidos que, momentos antes, decidiram ir até a 82ª DP denunciar a falta de condições de funcionamento do hospital Conde Modesto Leal, solicitando inclusive o seu fechamento imediato.

Nesta reunião, a Dra. Janete tentou amornar a situação e propôs um acordo no qual todos seriam readmitidos. Todavia, segundo informações, o vereador Chiquinho manteve a sua decisão e o acordo não pode ser cumprido. 

De acordo com informações, os médicos foram demitidos sem nenhum motivo. No entanto, segundo eles próprios, a causa foi porque eles questionaram a falta de condições de atendimento e a precariedade das instalações na unidade.

_ "Para se ter uma ideia do caos que se encontra o hospital, eles fecharam a unidade de transfusão, o aparelho de Raio X está quebrado, não tem lençol nem pra médico nem pra paciente, não tem material cirúrgico esterilizado, não tem roupa para entrar em cirurgia, só tem um aparelho de pressão pra toda a emergência, não tem hemoglicoteste, o consultório clínico não tem porta nem maca, está faltando diazepan injetável, o banheiro dos médicos mais parece um chiqueiro, pois nem tampa o vaso tem, além do calor...aquilo lá está um inferno!", desabafou o médico denunciante.

Vereador pode não ter dito a verdade em entrevista a um repórter

Em entrevista concedida nesta quinta-feira ao repórter Fabiano Novaes do website Maricá Info (Confira o vídeo abaixo), o vereador Chiquinho declarou desconhecer tais demissões e a falta de materiais no hospital, alegando que estava viajando. Porém, esta declaração não condiz com a realidade dos fatos, pois esses acontecimentos foram registrados entre segunda e quarta-feira desta semana, tendo o vereador, comprovadamente, comparecido à sessão plenária da câmara na segunda-feira às 16h. Além disso, há relatos, conforme os parágrafos acima nesta reportagem de que o mesmo participou da reunião no quarto dos médicos, dentro do hospital, às 22h, na terça-feira.



O Itaipuaçu Site está tentando um contato com a secretária de Saúde, Dra. Janete, para saber a sua opinião a respeito de todas essas denúncias. Tão logo tenhamos as suas respostas, as publicaremos.






24 comentários:

Gomes da Moto Gomes disse...

Gostaria de saber o seguinte:
1) O Vereador Chiquinho é médico ou formado em medicina, então, porque esta com o hospital Conde Modesto sob seu controle ???
2) Quem é Chiquinho, pois nunca ouvi falar sobre ele?

Isso é uma mostra do que o PT, Partido de Trastes vem fazendo não só em Maricá mas em todo o Brasil. O Prefeito Quaquá com sua total incompetência e muita, muita esperteza, ferra cada vez mais o eleitos. Só não vê quem faz parte da panelinha ou das bolsas cala boca que nós trabalhadores sustentamos sem direito a PO**A nenhuma.

Anônimo disse...

É lamentável este fato, embora o que já era de se esperar. Parabéns a atitude dos médicos. Ninguém entende o que este analfabeto de vereador Chiquinho faz no hospital. acho que está tentando ter boquinha dos dois lados. O lugar dele é no trayller vendendo birita, só levou estes votos por troca de votos comprados. É muito triste saber que vamos passar por mais quatro anos nesta agonia, o que será da gente! Pois se pensarmos bem a vitória do quaqua foi de 36%, onde a maioria não quer saber da cara dele e nem da corja. Mas, como resolver, se até o TCE leva $. Cargos comissionados com 100% de aumento, secretários , sub... enfim, todos de cargo de confiança e muitos gargos criados. Onde estamos sem saúde, sem estradas, sem escolas, sem segurança, sem lazer, etc...e ainda se diz que Maricá está progredindo, só se o progresso for na poupança deles.Bora povo vamos começar a manifestar!

Anônimo disse...

Há muitos mandatos que o nosso Hospital é mal administrado por vereadores ou pessoas ligadas politicamente ao Prefeito eleito daquela época.
São "COLOCADOS" nos cargos referentes ao Hospital pessoas com a conivência de quem apoia e elege esses calhordas para ocuparem cargos políticos, ou seja, esta é mais uma das histórias tristes que iremos presenciar durante longos e amargos 4 anos. Parabéns a quem elegeu esse "PATO PORCO"!!!
Esse tal de "CHIQUINHO" Vereador eleito pelos Maricaenses ignorantes que existem aos montes, nunca foi nada em Maricá além de garçon, dono de trailer e peladeiro, ou seja, não tem preparo político e nem instrução necessários para exercer dignamente cargos de suma importância como os de vereador e responsável pelo nosso Hospital. Mas deve ser amiguinho (PUXA-SACO) do Prefeito esse "PATO PORCO" que vamos aturar por mais 4 anos graças aos imbecis que votaram nele... chora Maricá!!!

Anônimo disse...

Detalhe importantíssimo: O nosso amável Prefeito, divulgou comentário na imprensa, dizendo que devemos nos orgulhar do nosso "COMBALIDO" Hospital e devemos compará-lo com os Hospitais municipais por aí... tá de brincadeira!!! Comparar desgraça para justificar que a nossa é menos pior? FANFARRÃO!!!
Recentemente eu estive em Rio das Ostras, sendo atendido no Hospital municipal de lá e posso dizer que com certeza o atendimento não foi dos melhores mas foi INFINITAMENTE superior ao atendimento em qualquer instância do nosso Hospital municipal.
Esse "PATO PORCO" só pode estar de zoação com o povo de Maricá. Eu não acredito aonde deixamos chegar este cidadão, se é assim que devo chamar o Sr. Prefeito, digo, Sr. FANFARRÃO!!!
Envergonhe-se seu safado de marca maior!!! E quem votou nele também!!! Que nojo...

Ninitka disse...

gente que lástima!!! Cade os direitos humanos???.dos humanos?.Lixão clandestino, Churume nos lencóis freáticos!Hosp. sem necrotério....Sem convenio para a despeza dos mortos!..Muito triste.Nina moradora de itaipuaçu.

Anônimo disse...

Agradeçam, sempre que possível, a quem fez parte dos 43% que reelegeram o quaqua e, inconsequentemente, colocaram estes vereadores no poder. Infelizmente, +50% da população (+60% se contar os brancos / nulos computados) sofre por conta dos vendidos.

O Vigilante disse...

Homem de inteligência limitada, sem instrução, carente de recursos intelectuais - um coitado. É assim o vereador Chiquinho!

Na verdade, esse “sujeito” é o reflexo direto de um governo que prima pela incompetência, mas que garante para a administração atual de Maricá a posição de REPROVADA no quesito saúde, dentre muitos outros.

Essa administração não consegue entender que a vida do povo é sagrada e que MORTO NÃO VOTA!

Anônimo disse...

OS CARGOS COMISSIONADOS TIVERAM AUMENTO , MAS OS POBRES COITADOS DOS ESTATUTÁRIOS FICARAM À VER NAVIOS. ISTO É UMA VERGONHA. POIS TERÃO QUE ENSINAR A QUEM GANHA MAIS DO QUE ELES, VISTO QUE A MAIORIADOS COMISSIONADOS NÃO SABE NADA.

Anônimo disse...

"Pelo voto não se serve a um amigo, não se combate um inimigo, não se presta ato de obediência a um chefe, não se satisfaz uma simpatia. Pelo voto a gente escolhe, de maneira definitiva e irrecorrível, o indivíduo ou grupo de indivíduos que nos vão governar por determinado prazo de tempo.

Escolhem-se pelo voto aqueles que vão modificar as leis velhas e fazer leis novas - e quão profundamente nos interessa essa manufatura de leis! A lei nos pode dar e nos pode tirar tudo, até o ar que se respira e a luz que nos alumia, até os sete palmos de terra da derradeira moradia.

Escolhemos igualmente pelo voto aqueles que nos vão cobrar impostos e, pior ainda, aqueles que irão estipular a quantidade desses impostos. Vejam como é grave a escolha desses “cobradores”. Uma vez lá em cima podem nos arrastar à penúria, nos chupar a última gota de sangue do corpo, nos arrancar o último vintém do bolso."
...

Raquel de Queiroz

Anônimo disse...

Será que a Dra. Janete e o Dr. Wilson precisam se submeterem a isso? Ou então para ter todo esse poder, o vereador Chiquinho só pode ser formado na mesma Universidade do personagem Pedrão da dupla Os Caras de Pau da Tv Globo.

Anônimo disse...

É, realmente de onde menos se espera que não se pode esperar nada... de bom.
Vejam só: a cidade tem como prefeito um cidadão que parece ter sido professor e a educação em MARICÁ é a lástima que já sabemos ser. Exceto pela traquinagem de distribuir um netbook com um sistema operacional mandrake, que a maioria das pessoas tem utilizado em casa como peso de papel ou apoio para colocar bolo quente, ninguém fala de educação na cidade, afinal, pra que melhorar a educação se os moradores elegem gente desse quilate para administrar a cidade?
Eis que então, vendo que em casa de ferreiro espeto de pau, o arauto das boas novas, o cicerone da filha do ex-presidente que não quer deixar de ser presidente, o líder bolivariano tropical, aquele que se acha um visionário, resolve permitir que um vereador do PT, cujo talento nato parece ser outro, mande e desmande no hospital municipal. Como a população re-elegeu o prefeito e elegeu o vereador, e ambos são do mesmo partido, podemos ter certeza que muita coisa ruim vem por aí ainda. Estamos entrando em março ainda e o mandato deles mal começou. como é triste ver que a maior parte da população de MARICÁ não está nem aí pro que acontece aqui, votam realmente só por obrigação e elegem qualquer um pra administrar a cidade. Um mês antes da eleição a rejeição do prefeito era de 70%, de repente no dia da eleição ele vira o jogo e se re-elege, ainda que sem a maioria dos votos. Numa cidade onde esposas de vereadores e vice-prefeito são secretárias municipais, à revelia de nepotismo ou den falta de ética pública, esperar o que?
Pergunta que não quer calar, a secretária de educação é capitania hereditáira.

Anônimo disse...

SERÁ QUE TROCAR O VOTO POR UM COMPUTADOR,R$ 70,00 DE BOLSA FAMÍLIA, POR UM CAMINHÃO DE ATERRO VALEU APENA? POR MAIS EXAGERADO QUE SEJA O NR DE CARGOS COMISSIONADOS, QUEM ELEGEU ESSES VAGABUNDOS FOI ESSE POVÃO QUE PRECISA DO ATENDIMENTO MÉDICO PÚBLICO. E AGORA POVÃO? PEDE AJUDA PRO VAGABUNDO DO SEU PADRINHO POLÍTICO, AQUELE QUE TE FEZ MUITAS PROMESSAS SE ELEITO FOSSE. CHORA NO COLINHO DO QUAQUÁ, POVINHO DE MER..... BANDO DE IRRESPONSÁVEIS.

Anônimo disse...

Os profissionais de saúde, assim como todos, tem seus direitos garantidos e merecem respeito, pelo menos com avisos prévios em caso de demissões. O que não se concebe é chegar ao trabalho e não sei como, mas deparar com um papel de exoneração ou avisos, é constrangedor. São pais e tem famílias, tem compromissos com as contas e nome a zelar. É preciso que todos os médicos se unam para vencer este obstáculo na política do hospital. E vergonhoso ver alguém descompromissado com a saúde interferir na vida do cidadão maricaense, como cidadão parabenizo os médicos,aqueles que não foram solidários com estas demissões ,contestando para para a melhoria do hospital.

Vanderson Barcelos Corrêa disse...

Cadê o Ministério Público?

Anônimo disse...

Cadê o CREMERJ para defender estes médicos? Tá dormindo? Cadê o MP que não vê todo este caos? Cadê os Direitos Humanos? Vamos lá minha gente, será que temos sangue de barata? Até quando teremos que suportar isto?

Anônimo disse...

Concordo que o Hospital esta em um estado precário, mas também acho muito cedo para estar cobrando de uma pessoa que assumiu um madato e apenas 2 meses, a saúde é uma coisa muito complexa, não é facil. Mas acredito que vá melhorar. É muito dificil administrar um hospital onde os médicos são mercenários, so pensam em dinheiro e não cumprem nenhum um terço do juramento que fizeram quando se formaram. Que deixam de atender para ficar dormindo, ou converssando pelos corredores do hospital enquanto pessoas morrem.
E se alguem toma a atitude de os demitir ainda é mal visto.

Anônimo disse...

criticar o vereador é facil, trabalhar para voces é que fica dificil, ao inves de ficar em facebook e joguinho dentro do quarto, quando fosse chamado não fazer vista grossa e deixar o povo la fora esperando, como voces mesmo dizem “todo mundo tem 2l de sangue da pra esperar, vai morrer nao”. sei oq estou dizendo porque trabalho no meio de voces. E agora querem denunciar vereador ? o maior descaso vem de voces que estao ali no dia a dia MERCENÁRIOS voces não trabalham com amor nem com salário em dia PRINCIPALMENTE O SENHOR QUE É O MAIOR MERCENÁRIO DOUTOR UBIRATAN, TEM MEDICO COM APELIDO DE DOITOR MORTE “NÉ DOUTOR GUILHERME”… E o gorveno ainda esta errado quando decide demitir medicos como voces.

Eduardo Carvalho disse...

Meu amigo Bessa,meus parabéns pela matéria.É uma pena que a maioria das pessoas que venderam seus votos não estão tendo a oportunidade de ler,na verdade eles só vão perceber a besteira que fizeram quando precisarem de atendimento médico ou quando perderem um filho por falta do mesmo.Mais é assim mesmo,eles vão esquecer essa perda e vao continuar se vendendo num futuro próximo(2014).

Anônimo disse...

SEU REDATOR DO ITAIPUACUSITE, FIZ UMA PROPOSTA PARA PROVOCAR A DRA RENATA SCARPA,POR ACASO O SENHOR TOMOU TAL ATITUDE, SE TOMOU JÁ FOI MARCADA UMA AGENDA PARA QUE ELA CONCEDA UMA ENTREVISTA OU MOSTRE A POSIÇÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO OU SERÁ QUE O EXECUTIVO COMPROU O MP EM MARICÁ,O POVO QUER SABER? TAMBÉM NÃO SERIA O CASO DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE DIRIGIR A DELEGACIA DE POLÍCIA E FAZER MAIS ESTA DENÚNCIA E EXIGIR DO NOVO DELEGADO MAIS AÇÃO NA APURAÇÃO DESTES CASOS, POI8 VI AS DENÚNCIAS DO LIXÃO E DO CEMITÉRIO, E QUAIS SERÃO AS ATITUDES PROPOSTAS PELOS MESMOS DENUNCIANTES, OU SÓ QUEREM FAZER PROMOÇÃO PESSOAL, O POVO QUER SABER?

Anônimo disse...

Janete assumiu mandato há 2 meses???

E o que ela era na prefeitura?? Copeira??
Era secretária de metas de governo!! Fez o que pela saude?? Sabia de tudo e estava como uma raposa esperando pra ser secretaria de saude de novo, como foi no governo Queiro?? Esqueceu??

Medicos mercenários??
O dito sabe tudo sabe que os medicos levaram calote do salário de novembro, 13° salario e rescis~]ao de contrato da trambiempresa MedVida que administrava o hospital??
Que de novembro pra cá só receberam 2 salarios, muito atrasados??

Realmente esse anônimo não deveria comentar sem saber de porra nenhuma!!!

Anônimo disse...

Ja estamos percebendo que este escroto do chiquinho na verdade não sabe o que esta fazendo nem na camara quem dirá no hospital. Infelismente o povo ignorante elegeu esta porcaria para legislar em nossa querida Maricá

Anônimo disse...

Bem feito pra esse povo idiota e imbecil que teve coragem de votar nesses merdas. Eu tenho plano de saúde e nao votei nesses incompetentes. Tenho pena de quem nao votou neles e precisa di hospital. Médico bom tem, mas ninguem quer trabalhar em péssimas condições e sem salario.

Anônimo disse...

Gostaria muito de saber quem é esse tal de Chiquinho,o que fazia antes de ser vereador.FOLGADO.

Anônimo disse...

Vamos pedir a Deus saúde, porque aqui não tem hospital, os profissionais existem, mas são demitos porque querem condições de trabalho. Com saúde não se brinca, se morre um paciente a culpa recai sobre os médicos, enfermeiros, mas nunca sobre os detentores do poder.
Médicos, outros municípios vão respeitá-los, saiam deste Conde, vocês estudaram muito para serem humilhados...

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.