terça-feira, 26 de março de 2013

Seleção tem péssima atuação, Neymar é criticado, Fórmula 1, reabertura do Maracanã e mais.


 Fraco. O suado empate contra a Rússia comprovou o péssimo momento da seleção brasileira, talvez o pior desde o primeiro título mundial, em 1958. Em um jogo dominado pela seleção russa, o Brasil conseguiu o empate a poucos minutos do fim e teve sorte ao não sair goleado de campo. Marcelo foi o melhor do time, enquanto Neymar e Kaká decepcionaram.

Bieber. Após o empate brasileiro, o jogador inglês Joey Barton criticou Neymar pelo twitter. Ele afirmou que o santista é o Justin Bieber do futebol. No vídeo, uma beleza; ao vivo, um fiasco. Barton ainda disse que o brasileiro está longe de ser comparado a Messi ou Cristiano Ronaldo.

Fórmula 1. No 2º GP do ano, o campeão das últimas três temporadas voltou a sorrir, porém sua equipe, a RBR, não. Vettel ultrapassou seu companheiro, Mark Webber, faltando poucas voltas para o fim da corrida, quando havia sido acordado que os dois poupariam seus carros e manteriam as posições. O desgaste foi grande e as proporções do episódio só serão conhecidas no futuro. Hamilton completou o pódio, enquanto Felipe Massa chegou na quinta colocação, após largar em 2º.

Reabertura. O Maracanã finalmente será reaberto. No dia 27 de Abril, o estádio receberá o jogo festivo entre os Amigos de Ronaldo contra os Amigos de Bebeto. Justamente os dois que se fizeram de garotos-propaganda para os excessivos e cegos gastos com a Copa-2014. O baixinho Romário, severo crítico do que é feito com a verba pública não deverá nem ser convidado.

Prejuízo. Com a provável privatização do Maracanã, os cofres públicos deixarão de arrecadar cerca de R$ 111 milhões nos próximos 35 anos. O estudo feito pela IMX, contratada pelo Governo do Estado apontou também que a empresa que obtiver a concessão do estádio lucrará aproximadamente R$ 1,4 bilhões no mesmo período. Tudo isso sem levar em consideração o gasto com as obras para o Pan-2007 e mais recentemente para a Copa-2014. 

Só no Brasil. Enquanto muitos atletas, alguns até com sucesso olímpico como o ginasta Arthur Zanetti, imploram por melhores condições de trabalho, outros mais afortunados recebem dinheiro para bancar viagens e equipamentos. É o caso do cavaleiro Doda Miranda, casado com a milionária Athina OnassisDoda receberá cerca de R$ 20 mil do Plano Brasil Medalhas 2016.

0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.