sexta-feira, 5 de abril de 2013

Maracanã será novamente reformado após a Copa. Dirigente alvinegro relata outros problemas do Engenhão e mais.


Por William Amaral

Nova reforma. O abuso com o dinheiro público não tem fim no Rio de Janeiro. Ofícios enviados pelo Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de 2016 informam que o Maracanã (Reformado pelo custo de R$ 1 bilhão para a Copa-2014) não atende às exigências da Olimpíada. Novas obras deverão ser feitas após o Mundial da FIFA. Ao todo, 39 pontos do estádio serão alterados.

Mais problemas. Como se não bastassem as falhas na cobertura, o Engenhão tem outros problemas. Segundo Carlos Augusto Montenegro, ex-presidente do Botafogo, a situação é mais crítica: “azulejos caindo, pintura ruim, fiação horrível e canos enferrujados entram no pacote de problemas do estádio. O atual conselheiro se mostrou favorável à devolução do Engenhão à Prefeitura. Por sua vez, o Prefeito do Rio, Eduardo Paes, disse que a devolução é uma “besteira” e garantiu que a Prefeitura não irá pagar pelas reformas. De quem será a conta?

Político. Mostrando, mais uma vez, que não está nem um pouco interessado na verdade, Ronaldo disse que apóia uma possível candidatura de Andrés Sanches, ex-presidente do Corinthians, à presidência da CBF. O Fenômeno dos campos disse também que as acusações sobre José Maria Marin “parecem não ter fundamentos”. Para completar, afirmou que não existe a chance do Itaquerão ficar apenas no papel. Estádio esse que sairá graças aos recursos públicos e ainda assim será do Corinthians.

Só dá ele! Ronaldo pode ganhar ainda mais poderes num futuro próximo. Segundo o colunista do jornal ‘O Globo’, A Presidente Dilma Rouseff e o Presidente da FIFA planejam substituir José Maria Marin, alvo de denúncias por corrupção, pelo Fenômeno no cargo máximo do Comitê Organizador Local. Após entrar para o COL, Ronaldo viu a Marfinite Arenas, cliente de sua empresa de marketing esportivo, a 9ine, ganhar concorrências milionárias para obras em estádios da Copa-2014.

Pé na cova. O São Paulo foi à Bolívia ontem encarar o The Strongest e se complicou. O time paulista foi derrotado por 2 a 1. Rogério Ceni, autor do gol tricolor, falhou feio no gol da vitória dos mandantes. O São Paulo está com 4 pontos, dois atrás do próprio time boliviano e encara na última rodada da fase de grupos, o Atlético-MG, 100% até aqui.


0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.