terça-feira, 16 de abril de 2013

Saneamento básico em Maricá caiu no esquecimento

No final de 2010, no dia 6 de dezembro, o então presidente Lula, em cerimônia realizada em Brasília, com a presença de vários prefeitos, inclusive do Sr. Washington Quaquá, de Maricá, formalizou o aporte de R$ 2,6 bilhões para o Estado do Rio de Janeiro, correspondente à segunda etapa do PAC2, sobre o qual Maricá ficaria com R$ 33 milhões. De todo esse montante para todo o Estado, R$ 1 bi foi destinado para obras de saneamento. O restante, para urbanização, drenagens, encostas e pavimentação.

No dia 13 de março de 2012, quase dois anos depois, Quaquá realizou uma audiência pública no ginásio do colégio Cenecista (foto), no centro de Maricá, onde anunciou investimentos de R$ 93 milhões para obras de coleta de esgoto no Centro e em Araçatiba, sendo R$ 60 milhões de contrapartida da Petrobras e os tais R$ 33 milhões do PAC2. Até hoje nada foi feito.

Balanço

Segundo balanço divulgado pelo Município esta semana, a Prefeitura de Maricá arrecadou no primeiro bimestre deste ano R$ 83,778 milhões, de um total de R$ 506,820 milhões de previsão da receita para 2013. Em tributos, o arrecadado foi de R$ 17,980 milhões com previsão de arrecadação até o final do ano de R$ 57,683 milhões.

Ainda de acordo com a publicação, a Dívida Ativa rendeu R$ 2,135 milhões. A previsão final é de R$ 9,356 milhões. A despesa com a folha de pessoal liquidada (paga) foi de R$ 17,177 milhões. Para o ano está prevista a despesa de R$ 133,321 milhões.

2 comentários:

Anônimo disse...

Deixa o homem trabalhar!

Anônimo disse...

Trabalhar ou roubar???

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.