terça-feira, 28 de maio de 2013

Cachês artísticos são pagos com dinheiro público

Manuel Ramos / do Território Livre - A imprensa vem divulgando a orgia que alguns prefeitos vêm fazendo com o dinheiro público na contratação de artistas para cantar em suas cidades - muitas desprovidas de recursos básicos nas áreas de saúde, educação, saneamento básico. Maricá, aliás, é exemplo notório.

Suspeita-se que alguns contratos são superfaturados, visando o desvio do dinheiro público, que vão parar nos bolsos de prefeitos e de vereadores, saltando aos olhos as suas evoluções patrimoniais, conquistadas às custas do assalto aos cofres públicos. Os prefeitos vendem as festas (orgias com dinheiro público), como se fossem gratuitas para o povo. Ledo engano. Sai tudo do bolso do contribuinte.

Lamentavelmente temos um povinho safado que fica satisfeito por ter "pão, circo e bolsa miséria". Depois da festa, fica na porta dos hospitais públicos "recramando", que não tem médico para atendê-los. Eu tenho plano de saúde particular e bom. Que se dane esse povinho safado, ignorante, que ajuda manter no poder vermes de políticos, principalmente a maioria, do PT.

2 comentários:

Anônimo disse...

O pior é que o eleitor não quer enxergar a falta de vergonha desses políticos!

Anônimo disse...

O Descaso de prefeitura de Marica. Uma pessoa esta construindo 12 quitinetes na rua 52 qd 210 em jardim atlântico, essa área e proibido construir casas geminada e a referida pessoa não tá nem ai para lei, e o pior já foi denunciado na prefeitura a construção e nada foi feito. Vai ser uma verdadeira cabeça de porco, e o esgoto como vai ficar!!! E ai senhores responsável pela fiscalização vamos embargar as obra ou não!!!

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.