quinta-feira, 16 de maio de 2013

Preso o suspeito de enforcar mulher com toalha

Um barbeiro foi preso em Maricá, região metropolitana do Rio de Janeiro, suspeito de matar a mulher enforcada com uma toalha. Após ser detido pela polícia, José Cornélio dos Santos, de 54 anos, afirmou que matou Francinete de Paula Pacheco para que ela não contasse a polícia sobre outro crime cometido por ele.

— Ela ficava me pressionando dizendo que ia contar a polícia. Isso não era para acontecer. Ela tinha ido embora, mas voltou e quebrou tudo na casa. Aí eu bati no pescoço dela e depois enforquei.

José também é acusado de matar
o marido de sua amante com 6 tiros
(Foto: Reprodução/R7)
A polícia chegou até o suspeito com a ajuda de um primo de Francinete. Walmir de Paula Vianna afirmou que nunca desistiu de achar José.De acordo com a polícia, José também é acusado de matar o marido de sua amante com seis tiros. Ele estava foragido e trabalhava como barbeiro no bairro de Ionã, há cerca de três anos.

— Eu jurei no velório dela que poderia passar o tempo que fosse, eu pegaria ele. E hoje eu tenho um sentimento de justiça.

Fonte R7

0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.