segunda-feira, 6 de maio de 2013

Quaquá sanciona lei que muda o nome do Terminal Rodoviário

O prefeito de Maricá, Washington Quaquá, através de seu vice em exercício, Marcos Ribeiro, sancionou a lei nº 2435 de 26 de abril de 2013, aprovada pelos vereadores na câmara, que dispõe sobre a mudança do nome do Terminal Rodoviário Municipal para Deputado José Carlos Brandão Monteiro, um personagem inexpressivo em Maricá, em lugar de Jacinto Luiz Caetano, considerado grande nome na história do município.

Quaquá, homem pequeno e de espírito vingativo, logo no início de sua nova gestão, como um de seus primeiros atos, enquanto dezenas de pessoas morriam no hospital municipal, mandou arrancar o busto do então patrono da rodoviária, fundador da Viação Nossa Senhora do Amparo, Jacinto Luiz Caetano e, sem nenhum critério legal, apagou seu nome da entrada do terminal e mandou escrever temporariamente em seu lugar a frase "Terminal Rodoviário do Povo de Maricá".

O novo homenageado, Deputado  José Carlos Brandão Monteiro, nasceu no Maranhão em 1938 e depois mudou-se para o Rio de Janeiro. Foi vice-presidente da UNE em 1963. Durante a ditadura militar foi considerado subversivo, preso e torturado. Com o fim do bipartidarismo em 1979, ajudou a fundar o PDT.  Em 1984, foi secretário de transportes no governo de Leonel Brizola, ficando no cargo até 1986, quando se candidatou a Deputado Federal Constituinte. Sua atuação como Constituinte foi pautada pela defesa de teses nacionalistas e estatizantes e pela preservação do “trabalhismo varguista”.  Brandão Monteiro faleceu no Rio de Janeiro em 29 de setembro de 1991 e não há nenhum registro de que o referido deputado, alguma vez, tenha visitado Maricá.

0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.