sexta-feira, 21 de junho de 2013

Espanha e Uruguai vencem no Grupo B

Copa das Confederações pode ser suspensa

Por William Amaral


Vitória celeste. O Uruguai enfrentou a Nigéria pela 2ª rodada do Grupo B da Copa das Confederações e saiu vitorioso. A equipe do treinador Oscar Tabarez abriu o placar aos 18 minutos com Diego Lugano após passe de Forlán. O jogo era equilibrado e Obi Mikel acertou belo chute para empatar aos 36 minutos. No início do segundo tempo, em rápida troca de passes, a bola foi parar no pé esquerdo de Forlán, que mandou uma bomba no ângulo e definiu a partida, apesar das boas oportunidades de ambos os lados até o fim do jogo. O Uruguai só precisa derrotar o fraco Taiti para garantir a classificação.

Goleada histórica. A esperada surra espanhola sobre o Taiti aconteceu. Foi fácil e poderia ser muito mais. No total, 10 a 0 e um pênalti perdido por Torres na conta da Fúria. Com quatro gols de Fernando Torres, três de David Villa, dois de David Silva e um de Juan Mata, a Espanha construiu a goleada. Para os jogadores não profissionais do Taiti restaram os aplausos e incentivo da torcida, além, é claro, das camisas dos ídolos espanhóis.

Suspensão. Começa a ecoar a informação de que a FIFA estuda suspender a Copa das Confederações por conta dos manifestos nas ruas brasileiras. A entidade internacional, que teve ônibus depredados, está preocupada com a falta de segurança, que deveria ser garantida pelo Governo Federal. Há uma outra informação que dá conta de que a delegação da Itália quer sair do Brasil por temer a segurança dos familiares dos jogadores, que estão no Brasil. Caso a Copa das Confederações seja suspensa, o Governo Federal terá de ressarcir o prejuízo, ou melhor, a falta de lucro da FIFA, de acordo com a Lei Geral da Copa.

NBA. Em uma noite incrível, o Miami Heat venceu o San Antonio Spurs e conquistou o bicampeonato da NBA. Principal jogador do time, LeBron James foi o cestinha com 37 pontos, tendo como fiel escudeiro, Dwayne Wade, que teve excelente atuação. O Rei de Miami ainda marcou e anulou o principal jogador dos Spurs, Tony Parker. Pelo San Antonio, Tim Duncan, 24 pontos e Kawhi Leonard, 19, foram os destaques. A grande final foi decidida apenas no sétimo jogo e foi marcada por jogos espetaculares e uma improvável virada do Miami no jogo 6, que poderia ter dado o título aos Spurs. No fim, LeBron James foi eleito o MVP da temporada e das finais.

0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.