quinta-feira, 20 de junho de 2013

Manifestação em Niterói paralisa ponte e causa correria na estação das barcas

Uma manifestação em Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro, como parte da onda de protestos em todo o país chegou a paralisar nesta quarta-feira o tráfego na ponte que liga a cidade à capital fluminense e causou tumultos em frente à estação das barcas.

Uma multidão, inicialmente calculada em 5 mil pessoas, se aglomerou no fim da tarde no centro da cidade para reivindicar melhores serviços públicos e mais investimentos em saúde e educação. A mobilização foi majoritariamente pacífica, mas houve alguns confrontos com policiais que queriam evitar que manifestantes chegassem à ponte, que cruza a baía de Guanabara.

A polícia bloqueou a ponte de maneira preventiva e obrigou a todos os veículos a retornar ao Rio de Janeiro, com o que a única comunicação entre as duas margens foi mediante barcas.

Os manifestantes mantiveram o protesto mesmo depois de os governos estadual e municipal de Rio de Janeiro e São Paulo terem anunciado a revogação do aumento do valor das passagens do transporte público - motivo que desencadeou os protestos em várias cidades brasileiras.

Pouco depois do anúncio da redução das tarifas em São Paulo e no Rio, a prefeitura de Niterói se uniu à revogação do aumento, e com isso o preço da passagem de ônibus voltará a valer R$ 2,75.

Com os protestos em Niterói que paralisaram a Ponte Rio-Niterói, centenas de passageiros que seguiam de ônibus para Niterói e já estavam na ponte desceram dos ônibus e seguiram a pé para casa. O mesmo aconteceu para quem foi para o Rio de Janeiro. Os passageiros desceram no acesso à Avenida Brasil, no bairro do Caju, zona portuária, e procuram uma forma de seguir para casa.

Com informações Terra e Agência Brasil

1 comentários:

Anônimo disse...

Niterói, que teve uma eleição municipal com resultado apertado e muitas abstenções, está de parabéns ao manisfestar seu descontentameno com a forma com que os recursos públicos vêm sendo geridos pelos governantes. Já Maricá... putz, não dá nem para comentar!

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.