sábado, 22 de junho de 2013

"Quaquá ladrão, seu lugar é na prisão!", brada o Povo de Maricá

Cerca de 4 mil pessoas se manifestaram no centro de Maricá na tarde/noite desta sexta-feira (21). Palavras de ordem contra o prefeito Quaquá e pedidos para melhorar a saúde e a educação demonstraram a revolta dos jovens estudantes com a administração do poder público na cidade.

A manifestação foi ordeira e pacífica. Desde as 15 horas, o Povo, na maioria de jovens estudantes, tomou a Praça Orlando de Barros Pimentel e, por volta das 16 horas iniciaram uma grande passeata pelas ruas do centro da cidade. Durante o trajeto, os jovens manifestantes demonstraram acentuada insatisfação com a pífia administração do prefeito, Washington Quaquá (PT).

Após terem passado em frente à Câmara Municipal, os manifestantes seguiram para a porta da Prefeitura e lá, pacificamente, protestaram veementemente proferindo e bradando palavras de ordem contra o Prefeito.  Em seguida, por volta das 18 horas, todos seguiram para a rodovia RJ-106 e, chegando lá, interditaram as duas pistas.

O trânsito parou por cerca de duas horas. Inúmeras negociações foram tentadas para que o protesto ficasse apenas em uma das pistas, no sentido da Região dos Lagos. Um acordo entre o comandante da PM e um grupo de manifestantes ficou acertado, porém, terminado o prazo estabelecido, de 15 minutos, os policiais despejaram várias bombas de gás lacrimogênio e de efeito moral na multidão a fim de dispersarem os manifestantes. Alguns desses artefatos atingiram e feriram várias pessoas.

Assista, a seguir, o vídeo documentário com a reportagem completa da manifestação:



2 comentários:

Anônimo disse...

Dilma fez proposta de destinar todos os recursos dos royalties para educação. O que ela não deixa claro é se o orçamento da educação vai ser acrescido desse valor dos royalties. Se não vai aumentar orçamento é pura enganação, como foi no caso do CPMF. Não interessa de onde vem os recursos para o orçamento de um ministério, o que importa realmente é se o orçamento do ministério aumenta ou diminui.
Diga não às propostas enganosas cujo único objetivo é o marketing e esvaziamento dos movimentos populares nas ruas do Brasil

Anônimo disse...

Enquanto o povo pena sem saúde, sem emprego, o prefeito e comitiva ficam hospedados no Hotel Armany. Veja que vidinha ele leva .
http://milan.armanihotels.com/

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.