quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Flu vence Goiás pela Copa do Brasil: 1 a 0

Por William Amaral

Flamengo perde para o Cruzeiro em Minas: 2 a 1

Vitória simples. O Fluminense recebeu o Goiás também pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil e fez bem o dever de casa. Apesar de um início ruim, o tricolor se acertou ao longo do primeiro tempo. Carlinhos era a melhor opção tricolor e dos seus pés saíram as melhores jogadas, como um cruzamento na cabeça de Fred, que terminou no travessão. Pelo lado goiano, Walter era quem dava as cartas e assustou Cavalieri em chute de longe. Aos 42, Carlinhos cruzou da esquerda, Fred e Jean tentaram a finalização, mas a bola sobrou para Samuel, que empurrou para o gol vazio. Já na segunda etapa, o Goiás chegou perto do empate. Renan Oliveira bateu para o gol e Gum pôs a mão na bola. Pênalti, que Walter cobrou com força, mas parou em Diego Cavalieri, de volta à grande fase do ano passado. O Flu tentou ampliar, mas o Goiás foi quem assustou mais. Algumas tentativas de fora da área não foram suficientes para vencer o goleiro tricolor, que ainda operou um milagre com o pé esquerdo, aos 45 minutos, após desvio de cabeça de Walter. O Fluminense volta a enfrentar o Goiás na próxima quarta, na partida de volta das oitavas.

Derrota não tão ruim. O Flamengo foi ao Mineirão enfrentar o Cruzeiro pela primeira partida das oitavas-de-final da Copa do Brasil e foi derrotado por 2 a1. Mano Menezes fez duas mudanças no time: o zagueiro Samir foi improvisado na lateral-esquerda e o garoto Fernando ganhou vaga no ataque. O Fla atraiu o Cruzeiro para o seu campo e sofria com a movimentação do trio formado por Everton Ribeiro, Ricardo Goulart e Willian. O time cruzeirense pressionava e só não abriu o placar pela falta de pontaria e por uma defesa incrível de Felipe. Marcelo Moreno jogava muito isolado no ataque, mas ainda sim, em uma jogada individual acertou a trave de fora da área. Aos 27, Ceará cruzou da direita, Ricardo Goulart desviou, Felipe fez um milagre, mas no rebote, Willian abriu o placar para o time mineiro. Apesar da desvantagem, o Mengão continuou na defensiva e o primeiro tempo se foi. Na segunda etapa, o que já era ruim, piorou. Borges e Bruno Rodrigo perderam chances claras antes de Everton Ribeiro fazer uma pintura. Aos 11, ele recebeu na área, chapelou Luiz Antônio e, sem deixar a bola cair, bateu forte para estufar as redes. Golaço. O time da casa relaxou e o Fla diminuiu aos 23. Dedé falhou feio na indecisão entre dominar a bola e atrasar para Fábio, Moreno aproveitou e deu um toque para o gol. A bola bateu na trave e voltou nos pés de Carlos Eduardo, que diminuiu. O ritmo do jogo caiu e terminou mesmo 2 a 1. Lucro para o Flamengo, que poderia ter sofrido muito mais diante da superioridade mineira. Agora basta vencer por 1 a 0 na partida de volta para o rubro-negro se classificar.

Venda de jogo. O Vasco vendeu para a Aoxy o jogo diante do Corinthians pelo brasileirão. A partida será disputada no Mané Garrincha, em Brasília. O Gigante da Colina receberá cerca de R$ 1,5 milhão da empresa. Vale lembrar que a Aoxy fez um acordo igual com o Santos para a primeira partida do brasileirão diante do Flamengo. Na ocasião, Neymar se despedia do time da Vila Belmiro e a renda foi de R$ 7 milhões, bem mais do que os R$ 800 mil que o Santos recebeu da empresa. A vantagem de se vender a organização do jogo para a empresa? Ainda não foi descoberta. Aí tem.

1 comentários:

Anônimo disse...

Bela reportagem!

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.