quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Fogão vence e segue na caça ao líder

Por William Amaral

Flu empata fora e Vasco perde pra Lusa

Hyuri garante. No jogo mais esperado da 20ª rodada, Botafogo e Corinthians fizeram uma partida nervosa, que terminou premiando o time que mais procurou o gol. A partida começou com pressão do Timão, que deu uma verdadeira blitz nos 15 minutos iniciais, tendo boas chances com Emerson e Douglas, mas a melhor oportunidade do primeiro tempo foi do Fogão, quando Seedorf recebeu passe, a zaga corintiana parou e o holandês driblou Cássio antes de chutar para o gol e ver Paulo André salvar em cima da linha. Na volta do intervalo, o time de Tite recuou em busca de contra-ataques, que não aconteceram. Com espaço, o Botafogo acuou o rival, mas esbarrava nas apagadas atuações de Rafael Marques e Elias, que foi substituído por Hyuri. O tempo passava e o alvinegro carioca ganhava cada vez mais campo. Edílson, muito bem na partida, exigiu duas boas defesas de Cássio. Pato entrou no Corinthians, mas não produziu mais do que um cabeceio com perigo. Quando o jogo parecia caminhar para o empate sem gols, Edílson deu belo lançamento para Hyuri, que com muita velocidade, chegou antes do goleiro corintiano e mandou para as redes, levando ao delírio os mais de 23 mil torcedores presentes ao Maracanã. O Botafogo foi a 39 pontos e segue na vice-liderança. O Cruzeiro é o líder, com 43 pontos.

Bom empate. Jogando fora de casa, contra o Atlético-PR, o Fluminense segurou o ímpeto do embalado time do Paraná e, apesar de não jogar bem, conquistou um bom resultado fora de casa, contando com grande atuação de Cavalieri. O jogo começou como esperado, com o Furacão buscando mais o ataque e o Flu, recuado e apostando na velocidade de seus atacantes. E foi assim que Rhayner quase marcou aos 8. Aos 16, o time da casa chegou ao gol. Léo cruzou da direita e Éderson pegou de primeira, da entrada da área, e marcou seu 13º gol no campeonato, se consolidando como artilheiro da competição. O Fluminense seguiu sentindo a pressão dos paranaenses e Luxa substituiu Willian por Biro-biro ainda na primeira etapa. O garoto entrou bem e infernizou a zaga rubro-negra com sua velocidade. E foi numa falta sofrida por ele que o tricolor empatou. Aos 45, Sóbis cobrou no ângulo, não dando chances de defesa ao goleiro Weverton. Na segunda etapa, o time da casa voltou mais ofensivo e o Flu tentava apenas fazer o tempo passar, se dando por satisfeito com o empate. Quem sofreu com isso foi Diego Cavalieri, que fez ótimas defesas e garantiu o resultado para o time de Luxemburgo, que recuou o time e se deu por satisfeito com o resultado. O Fluzão foi a 23 pontos e ocupa a 13ª posição.

Derrota preocupante. Jogando fora de casa, o Vasco não foi bem e tirou a Lusa da zona de rebaixamento. O time da casa começou pressionando e logo aos 11 minutos, Diogo se livrou de dois marcadores e cruzou rasteiro para Correa completar para o gol. O gol acordou o Vasco, que quase marcou nos minutos seguintes com André e Marlone. Na segunda etapa, o Gigante da Colina seguiu melhor e teve boas chances de empatar com Nei e André, que desperdiçaram. A Lusa sentiu o perigo e passou a atacar mais. Diogo se destacava e aos 30, ele recebeu em velocidade pela direita e cruzou rasteiro para Gilberto, que completou, de carrinho, para o gol vazio, praticamente sepultando as chances do Vasco no jogo. Apesar das tentativas de Willie e Tenório e da falha do goleiro Lauro em cruzamento na área, o placar não foi alterado e o time carioca se manteve estacionado nos 24 pontos, ocupando a 11ª colocação, a apenas dois pontos da zona de rebaixamento.



0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.