Itaipuaçu: ASSESI debate segurança pública

Por Luis Antônio Moraes / Jornal Enter - A Associação Empresarial e de Serviços de Itaipuaçu e Inoã - ASSESI - reuniu representantes das Polícias Civil e Militar de Maricá, o deputado Iranildo Campos, da Comissão de Segurança da Alerj, e o subsecretário de Segurança Pública municipal para debater 18 temas que envolvem a segurança pública de Itaipuaçu e Inoã. O encontro se deu no Itaipuaçu Praia Shopping, na noite de sexta-feira, 20, no Barroco.

Os 18 temas tem a sua importância no conjunto da segurança pública, mas o aumento de efetivo nas Polícias foi considerado mais importante como forma de melhorar o combate a criminalidade. Esse tema foi abordado pelo novo delegado da 82ª DP de Maricá, Júlio Cesar Mulatinho, pelo deputado Iranildo e pelo capitão Strucher da 4ª Cia de Maricá.

O delegado Mulatinho, que é morador de Itaipuaçu há 10 anos, frisou que a ASSESI deve brigar pelo aumento do efetivo "e o resto a gente sabe fazer". O deputado emendou: "segurança precisa de efetivo", disse, para depois perguntar quantos policiais o capitão Strucher precisaria. O policial militar respondeu que mais quatro PMs estavam de bom tamanho.

Maricá, segundo o cap. Strucher, conta hoje com um reforço do programa RAS (Regime Adicional de Serviço). Das 14h até às 22h, a população pode contar com policiais em ronda pelos bairros em duas viatuaras e duas motos. No total, Itaipuaçu conta com 5 viaturas, duas motos, além do reforço da Guarda Municipal que incorporou na segurança pública 16 policiais aposentados conhecidos como vermelhinhos, porque andam com camisas vermelhas. Eles dão destaque a segurança nas escolas da rede municipal, contou o subsecretário.

Outro acerto entre os debatedores foi a implantação do programa Proes, que utiliza PMs para trabalhar em
seus horários de folga. Quatro PMs seriam importantes para reforçar a segurança na região, comentou o capitão Strucher.

O Proes é pago pela prefeitura e a ASSESI vai engrossar o coro de reivindicações para implantar o Proes em Maricá. Esse tema será debatido com mais destaque na próxima reunião, contou o presidente Luiz Felipe Cabecinho.

Veja os temas:

1. Distribuição do novo efetivo e novas viaturas do RAES; 2. Deslocamento do DPO do Barroco para novo local; 3. Ronda Escolar Eletrônica com um veículo da guarda municipal disponível para interceder a qualquer momento se necessário; 4. Limpeza dos terrenos baldios nas áreas de maior circulação de pedestres visando a segurança dos transeuntes por conta da prefeitura e logo após intimar o proprietário a fazer manutenção ou construir um muro; 5. Inspeção e manutenção corretiva nos pontos de iluminação públicos com o objetivo de inibir ações de criminosos. 6. Ronda dos veículos da Policia Militar cobrindo todo o distrito no horário entre 18 e 23 horas para garantir o retorno dos cidadãos aos seus lares com segurança. A fiscalização dessa ronda seria feita por GPS; 7. Operações de repressão no distrito quanto aos veículos sem condições de trafegar em vias públicas; 8. Solicitação a Prefeitura Municipal de Maricá da doação de um terreno para construção de depósito publico; 9. Policiamento especial para o evento intitulado “NATAL NO BARROCO”; 10. Instalação e padronização seguindo a resolução do DENATRAN de quebra molas em áreas onde apresentem maior número de acidentes e risco-perigo. Reta de São Bento da Lagoa, Rua 35 e onde mais se fizer necessário; 11. Sinalização Horizontal e Vertical de acordo com as normas do DENATRAN; 12. Solicitação para instalação de cabine da UPAM no mirante da serrinha; 13. Envio de 2 quadrículos para operação verão nas areias de Itaipuaçu cobrindo do recanto até o começo da reserva; 14. Envio de um veículo tracionado para o distrito visando cobrir as áreas de difícil acesso pelos carros convencionais; 15. Criar nas dependências do novo DPO espaço para um escrivão da polícia civil que manteria contatos virtuais com a 82ª; 16. Programa de educação no transito e de prevenção ao uso de drogas e alccol com a participação de todos os órgãos de segurança que atuam no município em parceria com a sociedade civil; 17. Solicitação ao representante da Camara de Vereadores a agilizar todo processo que for diretamente relacionado a segurança do distrito; 18. DEFINIÇÃO SOBRE O GGIM QUE É DE FUNDAMENTAL IMPORTÂNCIA PARA TODOS OS TÓPICOS ACIMA.

Previous
Next Post »

9 comentários

Click here for comentários

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião. ConversionConversion EmoticonEmoticon

Thanks for your comment