terça-feira, 24 de setembro de 2013

Maricá: Obras inacabadas causam prejuízo de milhões aos cofres públicos

Ricardo Vieira Ferreira - O dinheiro do contribuinte está espalhado pela nossa Cidade em uma série de operações fraudulentas que têm como objetivo garantir a manutenção do poder pelo PT e seus satélites. Cabos eleitorais de todo o Estado, parentes de secretários e vereadores, firmas investigadas pelo Ministério Público e não raro implicadas em ações de improbidade junto com as autoridades que as contratam, empresas inexpressivas respondendo por operações milionárias, uso da máquina pública para beneficiar a iniciativa privada, ou seja, o leque completo de ilegalidades previsto na legislação.

Ponte da Barra: obra eleitoreira inacabada
No entanto queremos destacar as obras da Ponte da Barra e da construção do novo hospital. No primeiro caso o procedimento se arrasta por anos e a necessidade da sua construção é, no mínimo, duvidosa. Não houve estudo algum e só temos notícias desencontradas sobre o desnível das lagoas em relação ao mar. Abrir o canal como feito em Saquarema seria um desastre completo, dizem alguns especialistas. Quanto já se jogou no projeto? Como seria a eclusa para impedir o escoamento das águas? A operação foi iniciada no rastro da enchente de abril de 2010, ano em que a digníssima primeira dama se lançou candidata a uma vaga na ALERJ.

Terreno para a construção do suposto novo hospital
à beira da RJ-106 continua esquecido e abandonado
Quanto ao novo hospital com o nome do revolucionário cubano foi uma das jogadas de propaganda diante
do desastre iminente nas eleições de 2012. Houve um estardalhaço sobre a construção que seria iniciada de imediato, transferiram aterro de outro local para o terreno destinado às obras e até agora, nada. Pegaram carona em obras de Estado como “Asfalto na Porta” e mais a buraqueira da CEDAE. Em breve veremos o asfalto jogado sobre leitos de ruas sem o devido preparo se esfarelando como já acontece na Estrada de Itaipuaçu e a Rua 1 que leva ao terminal de ônibus. Só naqueles 13 quilômetros enfiaram R$ 30,8 milhões.

3 comentários:

Anônimo disse...

nas eleçoes não votem nele.. simples. o cara foi reeleito, como pode?

Anônimo disse...

Foi eleito pois foi o unico q ainda faz alguma coisa pelo nosso municipio e os outros o q fizeram?

Anônimo disse...

fez aq custo? será que valeu apena? duvido...se não tem candidato bom,não vote... votar em menos pior, não muda nada. ele fez muito pouco em vista que gastou e sempre fazendo perto das eleições pq será? e já que votou pelo menos cobre pelo prometido por ele.

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.