terça-feira, 10 de setembro de 2013

Rua 35: Prefeitura instala quebra-molas após protesto incendiado de moradores

Finalmente, depois de inúmeras reclamações e protestos dos moradores da rua 35, no bairro Jardim Atlântico, em Itaipuaçu (Maricá), a Prefeitura resolveu instalar os quebra-molas e enviou ao local, nesta terça-feira, pela manhã, uma equipe de operários para realizar o serviço. Por volta das 15 horas todo o trabalho já havia sido concluído.

Segundo informações do Sr. Valdeci, funcionário da prefeitura e coordenador da operação, foram instalados seis quebra-molas ao londo de toda a via desde a rua 1 até a rua 66.

De acordo com opinião de alguns moradores que acompanharam os trabalhos dos operários, os quebra-molas são muito baixos. "Mas pelo menos agora tem algum tipo de redutor...vamos aguardar e ver se vai funcionar", concluiu um deles.

Protestos

Ontem, por volta das 21 horas, após mais um acidente ocorrido, os moradores da rua 35 realizaram um grande protesto no qual foram queimados pneus e pedaços de madeira no meio da pista, interrompendo o trânsito por aproximadamente duas horas.

No protesto os moradores reivindicaram a instalação de quebra-molas para que se diminua a enorme quantidade de acidentes graves naquela via, num dos quais um menino de 12 anos, após ter sido atropelado por uma moto, encontra-se paraplégico. Outra reclamação dos moradores é que, por causa da falta dos redutores de velocidade, entrar e sair de suas garagens com seus veículos está ficando cada vez mais perigoso.

Fotos: Marcelo Bessa
Os moradores prometeram realizar novos protestos até que a Prefeitura tome alguma providência. Segundo informações deles próprios, os redutores de velocidade seriam feitos "na marra" com buracos à base de picaretadas no asfalto a fim de forçar a redução de velocidade dos veículos na pista.

Todavia, hoje, nas primeiras horas da manhã, uma equipe de operários da prefeitura iniciou a instalação de quebra-molas no local.

11 comentários:

Nilton Santos disse...

Deveriam colocar também na 34,Av.1 e na estrada de Itaipuaçu, assim como no cajueiro fora que deveria também sinalizar quanto a velocidade e a presença de animais e pedestres em toda a via...
Mas já é um começo.

Anônimo disse...

Tem buraco pedem asfalto,tem asfalto pedem quebra mola q e ilegal tem quebra mola reclamam q ta baixo entao e melhor deixar todos no buraco

Anônimo disse...

falta tbm, educação do motorista.tentar criar barreiras, é só um paleativo....existe um padrão para "quebra-molas" fazer um quadrado no chão e sacanagem com o motorista q tem q pagar o conserto do carro.

Bini disse...

Na estrada dos cajueiros não deve ter quebra molas, o Nilton ai de cima não deve ter carro. Para evitar e reduzir acidentes a prefeitura poderia colocar pardais eletronicos na estrada dos cajueiros e calçadas, quem sabe fazer até uma ciclovia.

Anônimo disse...

Nada disso seria necessário se houvesse educação. Na rua 35, motoristas a fazem de estacionamento, tal qual proprietários de mecanicas e afins que pintam os carros na via. A falta de calçada faz com que pedestres andem na via aumentando o risco. Infelizmente, isto é Maricá. No fim de semana então, piora, devido aos 'turistas' que acham que é terra sem lei e fazem o que querem, tendo até 3 crianças num quadriciclo.

Anônimo disse...

Parabéns para os moradores que até que enfim tomaram alguma providência protestando, ateando fogo na rua 35 e pedindo os quebra molas. Vamos continuar, falta as tampas das caixas boca de lobo, falta asfalto na rua 36, na orla da praia, em todas as ruas perpendiculares, falta saneamento básico, falta água, falta iluminação, etc.

Anônimo disse...

Sr. Anônimo,
Eu moradora do local estava lá. É isso aí, todos nós agradecemos os parabéns, mas, precisamos continuar. É nosso dinheiro que eles estão roubando, vamos dar um jeito nisso. Do jeito que está, não pode continuar. Vamos em frente. Precisamos ter um mínimo de qualidade de vida. Fora os moradores e comerciantes "povinhos analfabetos", que estão acomodados com o total abandono de Itaipuaçu.

Anônimo disse...

Senhores,
"Socorro" Itaipuaçu(Jardim Atlântico). Está havendo muitos roubos na Estrada dos Cajueiros. Os motoristas reduzem a marcha para passar nos quebras molas e são assaltados pelos motoqueiros. Houve assalto também na rua 35 com rua 55. Na rua 36, entre as ruas 60 e 50, as casas estão sendo arrombadas e saqueadas. Precisamos de segurança, com viaturas circulando 24 horas por dia.

Anônimo disse...

fazem comentários aki não adianta, policia/governo trabalham com numeros "estatisticas" o pessoal que foi assaltado e roubado foi ate a delegacia dar queixa??? tem q fazer RO.... reclamar com o vizinho não adianta, quando vai a delegacia ver quase não se tem queixa de nada, ou seja para o governo q so ve numeros esta otimo....... presta queixa depois reclama em outros meios. (( já tive a casa, furtada))

Anônimo disse...

SOU A FAVOR DE LIMITAR A VELOCIDADE NA RUA 35, PORÉM COLOCARAM QUEBRA MOLAS EM EXCESSO, UM EM CIMA DO OUTRO. AS LOMBADAS ELETRÔNICAS SÃO MAIS SEGURAS E FUNCIOMAIS.

Anônimo disse...

Vejam só. Como escrevem besteiras. O cara da casa furtada fez a sua parte, foi a Delegacia registrar queixa(B.O.)? Acho que não deve ter feito sua parte.
O cara das lombadas reclama que foi colocadas lombadas em excesso. A verdade é a seguinte: Com os nossos protestos, eles vieram correndo e como sempre, fizeram os serviços de qualquer maneira. Tem um trecho bem longo que não tem lombadas, outros trechos tem muitas lombadas próximas uma da outra. Estou gostando, porque pelo menos tem algumas pessoas que estão lendo o que está sendo divulgado aqui. Vamos continuar, pau neles.

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.