quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Procon recolhe mais uma tonelada de produtos impróprios em Maricá

A Secretaria de Estado de Proteção e Defesa do Consumidor (Seprocon), por meio do Procon-RJ, voltou a Maricá nesta terça-feira, 17 de setembro, para mais uma etapa da Operação Ouro Negro. Os fiscais recolheram e descartaram uma tonelada e 86 kg de produtos impróprios para o consumo, tendo vistoriado quatro supermercados (duas filiais do Estrela do Sul, Princesa e Rede Economia), a padaria Vai e Vem, e a rede Queijão, que mescla lanchonete e loja de laticínios. Todos os estabelecimentos foram autuados.

No primeiro dia da operação, realizada na última quinta-feira, 12 de setembro, os agentes já haviam apreendido quantidade recorde de 27 toneladas de alimentos vencidos numa única filial do supermercado Estrela do Sul, no Centro do município. Na ocasião, um caminhão compactador de lixo precisou realizar quatro viagens para descartar tudo que foi recolhido.

Entre os supermercados visitados nesse segundo dia da Operação Ouro Negro estão as duas outras filiais de rede Estrela do Sul. E foi, exatamente, numa delas que ocorreu o maior recolhimento de produtos impróprios. Na filial localizada no bairro São José de Imbassaí foram encontrados 577 kg de produtos vencidos, entre carnes, presuntos e queijos, além de 287 kg de linguiça armazenadas em temperatura ambiente, quando deveriam estar em um freezer. Também foram encontrados no local 121 kg de ração para animais e molho de tomate com embalagens violadas e contendo larvas.

Balanço da Operação Ouro Negro:

1 - Supermercado Estrela do Sul (São José de Imbassaí): 577kg de produtos vencidos entre presunto, carnes e queijos; 287kg de linguiça impróprios para consumo e 121kg de ração animal e molho de tomate com embalagem violada e larvas;

2 - Supermercado Estrela do Sul (Av. Nossa Senhora do Amparo): 23kg de feijão vencido;

3 - Princesa Supermercado (Praça): 9kg e 100g de produtos sem informação entre queijos, presunto e blanquet;

4 - Rede Economia: 15kg e 200g de linguiça e 7kg e 400g de picanha vencidos, além de 1kg e 200g de língua e 21kg e 200g de salsicha sem informação;

5 - O Queijão (Rodovia Amaral Peixoto): 13kg e 600g de embutidos sem informação, 2kg e 300g de lombo, peixe e 47 latas de refrigerante vencidos;

6 - Padaria Vai e Vem (Rua Abreu Sodré): 3kg de pão de forma, 4kg de cobertura de morango e 900g de Activia vencidos.

Confira o que saiu na mídia sobre a Operação Ouro Negro:

Jornal do Brasil 
O Dia
A Tribuna

Fonte: Procon

1 comentários:

Anônimo disse...

Essa operação OURO NEGRO,tem que vir em Ponta Negra nos supermercados ,restaurantes e padarias, se isso acontecer, todos serão fechados.

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.