terça-feira, 17 de setembro de 2013

Quaquá põe militantes de Ricardo Queiroz no "cabidão" da Prefeitura

Muitos ex-candidatos e colaboradores do ex-prefeito Ricardo Queiroz ainda não se deram conta, pensando que faziam parte de uma oposição ao governo do PT em Maricá antes das últimas eleições. No entanto, conforme denúncia do Itaipuaçu Site, abalizado em informações de fontes fidedignas, descobriu-se que o então candidato Ricardo Queiroz (PMDB), na época, sem apoio financeiro de empresários, prestes a abandonar sua candidatura, fechou suposto acordo com Quaquá, que temia tal renúncia, a qual fatalmente beneficiaria o candidato de oposição Marcelo Delaroli, naquele momento à frente nas pesquisas.

Acordo feito e candidatura mantida, Ricardo Queiroz, com 14,5% da totalização dos votos apurados naquela eleição, conseguiu reeleger Quaquá que teve uma diferença de 3 mil votos entre ele e o candidato do DEM, Marcelo Delaroli, que ficou em segundo lugar.

O prefeito Quaquá, logo depois da sua diplomação e posse, já pensando em compensar os préstimos do seu antecessor e obter vantagens para a campanha de sua mulher Rosângela Zeidan à uma vaga na Alerj em 2014, pôs, meticulosamente, as peças nos seus devidos lugares:

Ricardinho Netuno, que foi um dos principais candidatos da nominata de Ricardo Queiroz, já é questão resolvida pois, há cerca de quatro meses, está pendurado no cabidão da prefeitura dentro da secretaria de Assuntos Federativos. Michele Tuzzi, principal assessora de campanha de Ricardo, está, segundo o JOM, devidamente acomodada na Ouvidoria municipal, aos cuidados de Jorge Castor, e por aí vai.

Outros ex-candidatos da chapa do ex-prefeito e candidato Ricardo Queiroz também estão sendo beneficiados e devidamente empregados na Prefeitura de Maricá; são os casos dos ex-candidatos da coligação "Maricá meu amor", Cemar e Luis Cabeludo.

Outro nome importante cogitado, Renato Barroco, empresário bem sucedido e líder comunitário do bairro Costa Verde, em Itaipuaçu, e que chegou a ser candidato a vice de Ricardo na última eleição, também, supostamente, estaria entre os "encabidados"; porém seu nome não aparece como contratado da prefeitura em nenhuma edição do JOM.

"_Pode ter certeza de que eu não estou empregado e não recebo nenhum tostão da prefeitura", garantiu o empresário, em declaração à nossa equipe de reportagem.

0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.