Polícia tem gravações que podem comprovar que bimotor tentou pousar em Maricá

Na última quinta-feira, testemunhas que não quiseram se identificar estiveram na 82ª DP (Maricá) e entregaram ao delegado titular Julio Cesar Mulatinho um CD com áudio e vídeo de uma suposta conversa entre dois funcionários da prefeitura na qual um deles confirma que o avião bimotor tentou fazer aterrissagem na pista de pouso do aeroporto de Maricá minutos antes de cair numa lagoa, matando o juiz Carlos Alfredo Flores da Cunha e o piloto Adelmo Louzada de Souza.
Carros da prefeitura transitam pela pista do aeródromo
Segundo informações, na gravação um dos guardas teria comentado que a ordem era impedir o pouso da aeronave e que o 'secretário' disse que eles podiam ficar tranquilos que ele 'resolvia' tudo. O material está sendo analisado pelo delegado.
Tal prova, a ser confirmada a sua autenticidade, bate com a versão do piloto Pablo Eduardo Nóbrega que, minutos antes do acidente, vindo de Guarapari, teve que arremeter sua aeronave e, na sua segunda tentativa, efetuar um pouso curto por causa da presença de carros da prefeitura na pista.
Segundo o delegado Julio Cesar Mulatinho, em recente entrevista a uma mídia local, a prioridade das investigações está em saber se o bimotor tentou realmente pousar no aeródromo.  De acordo com declarações do prefeito da cidade, Washington Quaquá, o bimotor que caiu nem passou pelo aeroporto. 
Previous
Next Post »

5 comentários

Click here for comentários

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião. ConversionConversion EmoticonEmoticon

Thanks for your comment