sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Documento comprova que Guarda Municipal barrou a entrada da ANAC no Aeroporto de Maricá

Ricardo Vieira Ferreira - Parece que o mundo virou de cabeça para baixo a partir de Maricá. Na medida em que mais documentos chegam até nós ficamos estupefatos com a quantidade de sandices e demonstrações de poder imperial que só podem partir de mentes perturbadas. Vejam que no dia 13 de setembro, 2 (dois) dias após o primeiro acidente com morte envolvendo avião do Aeroclube da Cidade, a ANAC tentou fazer uma vistoria em aeronaves, simuladores de voo, peças e acessórios que estavam sob a guarda da Escola de Pilotagem. Foram impedidos pela Guarda Municipal de S. Excia. Quaquá!
O que também causa profunda estranheza á que a ANAC, organismo federal com jurisdição sobre os aeroportos não tenha acionado a POLÍCIA FEDERAL para garantir o acesso do seu pessoal, acatando o decreto municipal 171/2103 editado completamente a margem da legislação. O ofício da ANAC datado de 16/09/2013,  nº 006/2013/130553/PATRI/GTAF/SAF/ANAC, que é mostrado nesta matéria está aparentemente defasado, pois já estamos em 31/10, mas é assim que as coisas estão acontecendo por aqui. Os documentos começam a ser reunidos para a montagem dos processos e, segundo soubemos hoje, a situação não está tranqüila para S. Excia. Quaquá e seus comandados.
Aeroporto ANAC 3
A Justiça Federal foi acionada e providências estão em andamento para que tudo volte aos seus devidos lugares, respeitando-se os direitos individuais e das empresas atingidas pelas arbitrariedades. A Juíza Federal que está no caso aguarda pronunciamento de algumas autoridades até a próxima 2ª feira, 04/11, quando deverá dar sua decisão.

0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.