quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Fla vence e está na final da Copa do Brasil

Por William Amaral

UFC, Romário x Ronaldo, CBF e Bernardinho



Na final. O Flamengo recebeu o Goiás pela segunda partida das semifinais da Libertadores e repetiu o placar do primeiro jogo: 2 a 1. O Urubu fará um duelo rubro-negro com o Atlético-PR na final. Com o Maracanã lotado, o Mengão tomou um susto logo no início quando Davi levantou bola na área e Eduardo Sasha abriu o placar para o time visitante. Aos 13, a bola sobrou para o sempre iluminado Hernane, que, cara a cara com o goleiro, deu um toque por cobertura e empatou o jogo. Aos 24, Elias recebeu na entrada da área, girou e bateu forte no canto do goleiro Renan. Golaço. Sem qualidade para mudar a partida, o Goiás nada conseguiu fazer e veio o intervalo. Na segunda etapa, o Flamengo continuou mais perigoso e aos 10, o Brocador voltou a marcar, mas o gol foi anulado por impedimento. O time goiano seguia inofensivo e Paulo Victor pouco trabalhava. O Mengão só não ampliou porque Paulinho perdeu gol incrível aos 40 minutos. Foi só. Vaga na final garantida e segundo jogo no Maracanã. O Flamengo tem tudo para conquistar mais uma vez a Copa do Brasil e disputar, em 2014, a Taça Libertadores.

UFC. Rolou ontem o UFC Fight for the Troops 3. Na luta principal, o peso-médio brasileiro Rafael Natal foi derrotado pelo americano Tim Kennedy com um nocaute no primeiro round. Outro brasileiro presente no card principal, Ronny Marques, também peso-médio, foi nocauteado pelo cubano Yoel Romero, no 3º round. Para salvar a noite tupiniquim, Amanda Nunes massacrou a holandesa Germaine de Randamie com um nocaute no 1º round. Amanda se aproxima de disputar o cinturão da única categoria feminina do UFC. A melhor luta da noite foi entre os pesos-leves Rustam Khabilov e Jorge Masvidal, com vitória do primeiro na decisão unânime dos árbitros.

Rô-Rô. A dupla, que já formou o ataque da seleção brasileira, hoje troca farpas pela imprensa. O fenômeno, envolvido até o pescoço com os ganhos da Copa-2014, criticou quem só critica a Copa e nada contribui com a realização da mesma. Por sua vez, Romário respondeu de forma categórica, afirmando que as obras de mobilidade urbana nas cidades-sede foram canceladas, o lucro exorbitante da FIFA, os investimentos em bens que não poderão ser aproveitados pela sociedade após a realização do evento e o fato de Ronaldo alugar seu apartamento para o secretário da FIFA, Jérôme Valcke por R$ 250 mil mensais, além de afirmar o que todos já sabem: Ronaldo só entrou com seu nome nessa por conta dos benefícios particulares que irá receber, sem em nenhum momento pensar no melhor para o Brasil. Por fim, o baixinho alfinetou o agora dirigente do COL com a história dos travestis.

CBF. Às vésperas da eleição presidencial da entidade, o repasse de verba às Federações Estaduais dobrou. Era de R$ 50 mil e foi para R$ 100 mil. Não por acaso, os eleitores da CBF são os presidentes das Federações. O atual presidente, José Maria Marin, deseja que seu sucessor seja Marco Pólo Del Nero, presidente da Federação Paulista. A Confederação Brasileira de Futebol teve uma CPI embargada no Senado após a retirada da assinatura de alguns senadores, que haviam concordado com a investigação. O autor da CPI, Mário Couto, afirmou que foi o Governo Federal quem barrou a CPI junto aos senadores. Mário disse ainda que a presidente, Dilma Roussef, não quer que os gastos da Copa-2014 sejam fiscalizados, além da CBF e das Federações.

Mentira. FernandaVenturini, esposa do treinador da seleção brasileira masculina de vôlei,Bernardinho, negou que o marido vá disputar as eleições para o Governo doestado do Rio de Janeiro. A ex-levantadora disse que tudo não passou de uma invenção de Aécio Neves, que segundo ela, pressiona o técnico para que aceite concorrer. Ela afirmou ainda que Bernardinho tem a confiança da população, ao contrário da política, “que só tem gente corrupta e com processos mil atrás”.


0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.