terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Argentino que está indo de bicicleta para o Alasca conhece Maricá

Andres Fluxa, de 32 anos, natural de Cañada de Gómez, em Santa Fé, na Argentina, está há 1 anos pedalando em uma bicicleta pelas estradas da América do Sul, numa aventura, rumo ao Alasca.


Depois de já ter percorrido cerca de 11 mil quilômetros desde que iniciou sua viagem no lugar conhecido como "O Fim do Mundo", em Ushuaia, no extremo sul da Argentina, Andres chegou em Maricá, região metropolitana e litoral do Rio de Janeiro, no último sábado (14), para uma paradinha de descanso na casa de sua amiga Marta, em Araçatiba.

De acordo com rápida entrevista concedida ao ITAIPUAÇU SITE na manhã desta terça-feira (17), antes de voltar para a estrada e seguir viagem, Andres contou já havia feito duas viagens de bicicleta anteriormente, porém com percursos bem menores. Segundo ele, que também é professor de história, ainda falta percorrer um longo caminho, cerca de 20 mil quilômetros, até o seu objetivo final, no Alasca.

Andres Fluxa, em Maricá
De Maricá para o Alasca, Andres já tem o seu itinerário bem definido. Sua próxima parada será em Casemiro de Abreu, ainda no Estado do Rio de Janeiro. De lá, seguirá rumo a Belém do Pará, passando por centenas de cidades e municípios pelos estados do litoral norte/nordeste brasileiro.

De Belém, ele irá até Manaus e a partir de então, seguirá para outros países, entre os quais, Venezuela, Colômbia, Panamá, Honduras, Costa Rica, Cuba, México e EUA. Segundo sua estimativa, o objetivo, no Alasca, deverá ser alcançado daqui a um ano e meio.

Andres Fluxa conta que esta viagem de bicicleta, além de ser a realização de um sonho, é também, para ele próprio, uma prova de superação. Por ser professor de história, tem registrado sua aventura através de crônicas em uma espécie de diário de bordo onde vai publicando em seu site (www.unmundoenbicicleta.com.ar) sobre os lugares por onde passa e a quilometragem percorrida.

Andres Fluxa ao lado de sua amiga maricaense, Marta
Indagado por nossa reportagem sobre o que pretende fazer depois de chegar ao Alasca, Andres revelou que, dependendo dos acontecimentos na ocasião, ao invés de voltar pra casa, pretende realizar um outro sonho que é chegar à Europa, saindo dos EUA e passando pelo Japão.

Após um agradável café da manhã, Andres ajeitou suas mochilas em sua bike Diamondback, se despediu de todos e partiu, exatamente às 8h desta terça-feira (17/12), rumo ao Alasca.

Confira, abaixo, o vídeo gravado no instante em que o ciclo viajante deixa a casa de sua amiga, em Maricá:




1 comentários:

Anônimo disse...

Ainda bem que não veio em Itaipuaçu!
Coitado, estaria sem bike e perna por conta dos buracos( se é que podemos chamar de buracos kkkkkk)

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.