Marcelo Delaroli, adversário de Quaquá, também fica inelegível

Marcelo se diz perseguido, garante que está 'vivo' e que vai recorrer da decisão no TSE


Marcelo Delaroli faz pronunciamento na internet 
O TRE-RJ (Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro), em julgamento realizado nesta segunda-feira (9), assim como fez recentemente com o atual prefeito de Maricá, Quaquá,  tornou o ex-candidato a prefeito, Marcelo Delaroli, inelegível por oito anos. Uilton Viana, ex-prefeito e candidato a vice de Marcelo, segundo a decisão, também fica inelegível.

De acordo com a decisão, Delaroli teria sido beneficiado por matérias publicadas em um importante jornal local (Maricá Em Foco) durante a última campanha eleitoral.

Desde a época das eleições, o PT e sua coligação, temerosos e certos de que poderiam perder o pleito para Delaroli, já haviam se preparado para pedir uma eventual cassação do diploma do ex-candidato, caso o mesmo viesse a vencer.

Marcelo, que pretende disputar as próximas eleições como candidato a deputado federal, lançou um vídeo na internet, gravado antes da nova decisão do TRE,  em que ele fala sobre as perseguições, difamações, calúnias e ameaças que vinha sofrendo de seus adversários, na época. Confira, a seguir:



Previous
Next Post »

4 comentários

Click here for comentários

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião. ConversionConversion EmoticonEmoticon

Thanks for your comment