segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Prefeitura depredou o aeroporto, não pagou a conta de luz e fez "gato"

Durante os quase três meses em que a prefeitura esteve na posse do aeródromo da cidade, o Aeroporto de Maricá ficou totalmente abandonado.




Vaso sem tampa e sujo
Reportagem de Marcelo Bessa | Itaipuaçu Site - Na manhã deste sábado (7), primeiro dia após a reabertura do Aeródromo de Maricá e o retorno às atividades das escolas de pilotagem por determinação da Justiça, nossa equipe esteve no local e constatou o estado de abandono e depredação deixado pela prefeitura.

Até a cuba do lavatório 'levaram'
O hangar do aeroclube (Escola de Pilotagem) foi totalmente descaracterizado, parcialmente pintado de vermelho. No prédio, onde funcionam os setores administrativos e as salas de aula, há muita sujeira e bagunça. Os banheiros estão nojentos, sujos e depredados, com os vasos sem tampa, sem descarga e até as cubas dos lavatórios foram 'levadas'. Nas salas e nos corredores não sobrou nenhuma luminária. Os extintores de incêndio e os aparelhos de ar-condicionado também sumiram, misteriosamente.

Salas e corredores ficaram sem as
luminárias 
Na parte externa, o mato alto tomou conta de praticamente toda a área. A "biruta", importante instrumento que informa aos pilotos a direção do vento, está destruída. O mesmo acontece com as câmeras de segurança. As poucas que sobraram tiveram seus direcionamentos apontados para o alto a fim de não detectarem as operações de repressão e perseguição às aeronaves, executadas pelos agentes de segurança e guardas municipais.

Os extintores foram levados
Durante toda a manhã e tarde os funcionários responsáveis pela manutenção e limpeza do aeródromo tiveram muito trabalho para capinar o entorno dos hangares.

Câmera de segurança destruída
Além de todo esse descaso e abandono verificado com este patrimônio público,
no estacionamento de veículos há dois carros  (uma Parati e uma Kombi) que foram doados pela Anac ao Aeroclube. Tais veículos apresentam indícios de terem sido 'depenados'.  Ambos estão com todos os pneus furados, sem as baterias e, por mais insólito que possa parecer, até a tampa de combustível de um deles foi levada.

'Gato' de energia


Fiação do "gato" de energia
A constatação mais grave e impressionante detectada foi um emaranhado de fios improvisadamente pregados às paredes externas dos prédios e espalhados perigosamente pelo chão. De acordo com informações, os agentes da prefeitura fizeram uma ligação clandestina, pois a prefeitura não pagou a conta do aeroporto e a energia acabou sendo cortada pela Ampla (empresa concessionária de energia na cidade).

Última informação

Na manhã desta segunda-feira (9), o hangar do aeroclube amanheceu com os lacres dos seus portões violados e, após conferência de um inventário, detectou-se, no seu interior, o sumiço de algumas caixas de ferramentas. Indagado, sobre tal violação, pelo auditor do aeroclube, um agente da Secretaria de Segurança irritou-se e quase o agrediu fisicamente, não fosse o mesmo impedido por alguns guardas municipais (em breve, nas próximas edições, neste site, a reportagem e vídeo desse fato).

Fato inusitado

Pelo menos, dentre todos esses descalabros testemunhados por nossa equipe, uma informação traz um momento de humor à essa reportagem: segundo relatos de um servente que fazia a capina no entorno do aeródromo, mais cedo, ainda na manhã de sábado, um agente municipal foi até o aeroporto a fim de resgatar uma suposta caixa de ferramentas a qual lhe pertencia e, então, entre ele e um funcionário responsável por tal hangar, sucedeu-se o seguinte diálogo:

O agente: _Senhor, por gentileza, eu preciso pegar os meus pertences que estão aí dentro desse hangar.
O funcionário do aeródromo: _Ok, mas o senhor, por acaso, tem a autorização?
O agente: _Vixe! A coisa virou...

Confira mais fotos desta reportagem, abaixo:

Funcionário do aeroclube teve muito trabalho para eliminar o mato alto

Fios do "gato" improvisadamente pregados na parede

O ar-condicionado não escapou. Não sobrou nenhum

A bateria do veículo doado pela Anac ao aeroclube foi roubada

Até a tampa de combustível "sumiu"

Biruta destruída

Suposta ligação clandestina

7 comentários:

Anônimo disse...

Ué, aruma, pois não se pode perder mais tempo para reiniciar as atividades, pega nota fiscal de tudo, coloca no Processo e manda a Prefeitura de Maricá pagar!
Aliás, deve ter que ser feita mais algumas outras coisas para se conseguir isso...

Anônimo disse...

Acredito que todo o equipamento que desapareceu, como os condicionadores de ar, deve ter uma nota fiscal com o nº de série. Com o processo e queixa de roubo na delegacia, talvez pudessem conseguir uns mandados de busca nas residências dos envolvidos nesse evento.

Anônimo disse...

esse pato e um deliquente., junto com o cabo PM da secretaria de seguranca,tem que ser denunciado pelos respectivos crimes,fora o assassinato do piloto e do juiz, a PF esta atenta , por essa turma do mensalinho atras das grades

Cassia disse...

Não seria novidade essa bagunça e desorganização no aeroporto administrado pela prefeitura, basta passear por Itaipuaçu...imagina esse prefeito com nome de PATO no PT/RJ...e nós pagamos IPTU pra quê?
Cassia

Anônimo disse...

Descaso e abandono. Por que seria diferente com o aeroporto de Maricá? É assim que o município vem sendo administrado pelo poder público muito antes desse prefeito pato. Os eleitores decidiram mal e agora estão sofrendo as consequências. Até acidente de avião com mortes pode ser atribuído a esses delinquentes. Os desembargadores lamentaram não poder cassar o improbo, por uma questão técnica. Essa questão técnica, tão "relevante", pode ter custado a vida de duas pessoas. O que é mais valioso que a vida humana?

Anônimo disse...

São uma gangue Estatal mesmo, quem quer esse tipo de gente investido de poderes concedidos pela sociedade?

Não queremos vocês, são imprestáveis, mesquinhos e sujos. O pato é eleito pelo populismo e gracas a ignorância do povo, é nisso que se sustenta, na falta de conhecimento e educação alheia, não há ser mais medíocre e nojento.

Esses "guardas" se acham por terem um cargo de quinta e nem ao menos ele conseguem desempenhar direito.

Anônimo disse...

Estive a pouco no local.. um absurdo o que foi feito deste aeródromo, esse Prefeito é um déspota!! Esse país tá uma baderna.. sem ordem, sem progresso.. e o povo pelo que vi, fogo de palha!! Acordem.. exijam seus direitos e cumpram com seus deveres.. corrijam a cagada que fizeram nas últimas eleições e peçam a renuncia deste que se acha superior a tudo e todos, inclusive as Leis Brasileiras.

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.