quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Delegado de Maricá já identificou um dos assassinos do turista russo

A polícia já tem pistas dos prováveis assassinos do jovem turista russo, Serguei Danshin, morto a tiros na madrugada do dia 27 de setembro do ano passado, em Itaipuaçu (Maricá-Rj).

Segundo o delegado que chefia as investigações, Júlio César Mulatinho, um dos criminosos já foi identificado. O outro está foragido e pode ser preso a qualquer momento.

Serguei Danshin 17 anos e integrava um grupo de estudantes de um Instituto de Economia de Londres e ambos resolveram viajar para o Brasil a fim de aproveitarem as férias. O grupo chegou no Aeroporto Tom Jobim no dia 26 de setembro e foram direto para a casa de um dos professores, em Itaipuaçu.

Um colega de Serguei contou ao delegado que,  na sexta-feira, 27 de setembro, à noite, todos foram a um bar próximo da casa onde estavam hospedados, no bairro do Recanto. Porém, mais tarde, quando voltaram pra casa, Serguei decidiu retornar sozinho ao bar e, no sábado, pela manhã, seu corpo foi encontrado próximo às margens do Canal da Costa, no Recanto, com três tiros na nuca.

A polícia tem informações de que um dos assassinos vivia em Itaipuaçu. Mas, desde que o caso se tornou público, o suspeito desapareceu.



0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.