segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Flamengo é o único grande a vencer na estreia do Carioca

Por William Amaral

Flu perde para o Madureira, Vasco e Bota empatam

Reservas resolvem. Com muitos reservas em campo, o Flamengo estreou com vitória diante do Audax. O clube aproveitou para apresentar os reforços aos mais de 10 mil pagantes presentes ao Maracanã. Logo aos 5 minutos, Gabriel cobrou escanteio, Cáceres desviou de cabeça e Welinton completou para as redes. O gol marca a volta do contestado zagueiro ao Flamengo, após um período no futebol russo. Ainda no primeiro tempo, o goleiro Paulo Victor se destacou, fazendo boas defesas, impedindo o empate do Audax. No segundo tempo, Jayme de Almeida recuou o time e conseguiu impedir os ataques do Audax. A torcida mostrou insatisfação com o meia Mattheus, muito vaiado pela má atuação na partida. O jogo se arrastou até o fim e terminou mesmo com a vitória do Flamengo.

Começou mal. Com boa parte dos titulares, o Fluminense foi derrotado pelo Madureira por 3 a 2, no jogo que marcou a volta de Conca. Sentindo o forte calor e tendo de atuar com um gramado em péssimas condições, o Fluzão não começou bem e sofre o primeiro gol logo aos 13. Robert avançou com a bola e, de longe, mandou uma bomba no ângulo. Golaço. Dois minutos depois, Conca cobrou escanteio, a zaga do Madureira falhou e Leandro Euzébio, livre, completou para as redes. Aos 28, Conca achou Sóbis na entrada da área. O atacante serviu Michael, que bateu de esquerda e virou o placar. O gol marca a volta do jovem promissor, que estava afastado por doping. Aos 37, o empate. Carlinhos recebeu na entrada da área e bateu firme no canto. Na segunda etapa, o Madureira marcou o gol da vitória logo aos 5 minutos. Carlinhos cobrou falta pelo alto, a bola passou por toda a zaga, Cavalieri defendeu com o pé direito e Allan concluiu para o gol no rebote. Após sofrer o gol, o Flu caiu muito e esteve muito próximo de sofrer o quarto gol, mas o placar se manteve.

Má estreia. Jogando mal, o Botafogo não passou de um empate com o Resende, em uma partida que recebeu menos de 3 mil torcedores em Volta Redonda. Logo aos 2 minutos, Bruno Gallo serviu Geovane Maranhão, que bateu no ângulo e abriu o placar. A reação foi imediata. Rodrigo Souto lançou Lucas na direita e o lateral cruzou rasteiro para Renato, que completou para as redes. O Fogão seguiu sofrendo com a superioridade do adversário, que assustava mais. Renato era o destaque do Botafogo, organizando e finalizando as melhores jogadas. Na segunda etapa, o Resende seguiu melhor, chegando a carimbar a trave. O jogo caiu de ritmo à medida que o cansaço das equipes aumentou e terminou empatado.

Ficou só no empate. Na estreia do time na temporada, a equipe mostrou uma postura diferente de 2013, mas ficou apenas no empate com o Boavista. Em um bom começo, o Vasco abriu o placar aos 10. Marlon cruzou pela esquerda, a zaga afastou mal e a bola ficou com Reginaldo, que bateu no canto para marcar. Após o gol, o Gigante da Colina sofreu pressão do Boavista e o goleiro Diogo Silva impediu o empate com boas defesas. Edmílson ainda acertou o travessão e o jogo foi para o intervalo. Na segunda etapa, o Vasco começou bem, buscando o segundo gol, mas parou em Getúlio Vargas. Aos 16, Cascata avançou pelo meio e bateu da entrada da área. A bola acertou o canto de Diogo Silva, eu nada pôde fazer. Adílson resolveu mexer e pôs Thalles e Montoya nas vagas de Barbio e Reginaldo. O time cresceu. Aos 32, o meia colombiano sofreu pênalti e Fellipe Bastos desperdiçou a cobrança. Montoya seguiu buscando jogo, mas o resultado se manteve em 1 a 1, e foi só.



0 comentários:

Postar um comentário

ITAIPUAÇU SITE - MÍDIA LIVRE E OFICIAL DE NOTÍCIAS DE MARICÁ - O Itaipuaçu Site reserva o direito de não publicar comentários anônimos ou de conteúdo duvidoso. As opiniões aqui expressas não refletem necessariamente a nossa opinião.